Beiçola de A Grande Família revela dificuldades financeiras e relembra personagem: “Me inspirei no Ronnie Von”

Ator contou que ficou sem trabalho durante um período da pandemia

Publicado em 26/11/2021 16:48
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcos Oliveira será o entrevistado do The Noite desta quinta-feira (25), no SBT. O ator ficou conhecido pelo seu personagem Beiçola em A Grande Família, seriado no qual compôs o elenco por 14 anos até chegar ao seu fim.

Na entrevista, Oliveira explica que foi contratado primeiramente como freelancer para a produção da Globo. Com o sucesso do papel, sobretudo por ganhar destaque com sua paixão por Dona Nenê (Marieta Severo), Beiçola rendeu a ele um contrato em ‘carteira’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Curiosamente, quando perguntado sobre suas inspirações para compor o personagem do humorístico, Marcos Oliveira revela que foi em Ronnie Von, chamado nos anos 60 de ‘Pequeno Príncipe’. “Primeiro lugar, o Beiçola era uma pessoa solitária e ele era uma coisa muito romântica e dentro desse romantismo eu me inspirei no Ronnie Von da época da Jovem Guarda”, conta o ator.

Dono de uma pastelaria na série, Marcos diz que é comum lhe chamarem de Beiçola ou pedirem um pastel de brincadeira. E mesmo tendo feito sucesso com um papel repleto de humor envolvido, ele afirma que não é um bom contador de piadas. “Eu trabalho muito com a verdade do personagem ou pela situação que é engraçada. Agora, eu não sei fazer piada ou verbalizar a piada”, diz.

Dificuldades financeiras na pandemia

Também no The Noite, Marcos Oliveira expõe que enfrentou momentos difíceis na pandemia. Segundo ele, a falta de trabalho resultou em dificuldades financeiras, chegando a ficar sem ter o que comer.

“Foi durante a pandemia, foi barra pesada. Chega uma hora que você fala: ‘pô, bicho, não sei como as pessoas aguentam nesse estado que estão não sei quantos milhões de pessoas sem trabalho e sem comer’. Eu acho importante você ter o seu trabalho, sua dignidade para poder se alimentar”, ressalta Marcos.

Marcos Oliveira criou uma vaquinha online para reverter sua situação. Ele revela que conseguiu cerca R$ 60 mil, mas excluindo os 20% da taxa do site da vaquinha, rendeu R$ 40 mil.

“Eu paguei a dívida do banco, porque eu já estava estourado. Foi quase 40 pau de banco, eu paguei umas contas. Muitos amigos me ajudaram, não só a vaquinha, mas muitos amigos que ajudaram, outros nem ligaram. Mas eu tenho que agradecer a todos, todas as pessoas, todos os seres humanos que me ajudaram. Eu pretendo sempre voltar a trabalhar, porque trabalho é a única coisa que você tem na sua vida, é o seu valor, é o seu trabalho e é isso que quero na minha vida”, declara o ator.

Ele afirma que a vaquinha ajudou, mas ainda está com dívidas. Marcos alega que não tinha nem ração para dar para seus cachorros, mas que a boa ação das pessoas o ajudou. “Comprei a ração delas, da Mel, Preta e Lolita. A Mel é uma cachorra vira-lata que foi encontrada nesses lugares e o veterinário passou para mim, porque a Preta era muito sozinha. Depois a Tatá Werneck me deu uma shih tzu, que é a terrorista”, revela.

Atualmente, o ator está na série O Dono do Lar, série do Maurício Manfrini (Paulinho Gogó).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio