Passando por dificuldades, Marcos Oliveira, o Beiçola, arrecada 55 mil em vaquinha virtual

O ator não tem familiares e não recebe convites para trabalhos

Publicado em 1/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde que revelou estar passando por sérias dificuldades financeiras, Marcos Oliveira comoveu os fãs e a página Razões Para Acreditar, que criou uma vaquinha virtual para ajudar o ator.

Felizmente, muitas pessoas estão ajudando e até o momento já foram arrecadados 55 mil reais para o intérprete do eterno Beiçola de A Grande Família.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcos, que mora sozinho e não tem familiares, reclamou que apenas um amigo que mora na Europa o auxilia. Além disso, revelou que a situação piorou durante a pandemia, assim como a falta de trabalhos.

“Tenho um grande amigo que está na Europa e, de vez em quando, me ajuda comprando alguma coisa para eu comer. Sou sozinho, não tenho família. Vivo apenas com minhas três cadelas. Não me chamam para nada, para nenhum trabalho. Quero ter oportunidade de fazer outras coisas”, disse em um podcast.

Assim como as despesas básicas, Marcos precisa tratar problemas de saúde, como diabetes e uma recém descoberta fístula entre a próstata e a bexiga, que causa muitas infecções. Em setembro de 2020, ele ainda passou por um cateterismo após sofrer um infarto do miocárdio.

De acordo com a página Razões Para Acreditar, após a divulgação de seu caso, o ator conseguiu um papel em um comercial, além de participações em um canal do YouTube. Entretanto, ainda é pouco para manter suas despesas. A vaquinha virtual para ajudar Marcos ainda está disponível para contribuições.

Aos 69 anos de idade, o veterano ficou eternizado como o personagem Beiçola, o famoso pasteleiro de A Grande Família. Ele atuou na série por treze anos e recebeu cerca de 600 reais no período de reprise.

Com uma longa carreira na TV, ele participou de várias produções. Seu último papel em novelas foi em Deus Salve o Rei, como o Conde Heráclito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio