Band contrata Reginaldo Leme: “Automobilismo é onde eu quero estar”

O comentarista diz que vai estar onde o peso da longevidade da carreira possa ter um significado

Publicado há um mês
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reginaldo Leme é o mais novo contratado da Band. Referência na cobertura de automobilismo, o jornalista esteve na sede da emissora, no bairro do Morumbi, em São Paulo, para acertar os últimos detalhes da contratação nesta quarta-feira (9).

A ideia é que o profissional comente as corridas da Stock Car, após a Band adquirir os direitos de transmissão do principal torneio automobilístico da América Latina. A estreia acontece já no próximo domingo (13), quando o canal leva ao ar a grande final da temporada 2020 direto do Autódromo de Interlagos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O automobilismo é onde eu quero estar. Conheço a Stock Car desde o seu primeiro ano, em 1979, e é o ambiente em que eu mais gosto de trabalhar na minha vida. Vamos fazer a decisão do campeonato, envolvendo onze pilotos, o que é uma raridade. Com certeza, essa final vai atrair a atenção do mundo inteiro”, afirma Leme.

O comentarista também terá participações em outros veículos da casa, como o Show do Esporte, comandado aos domingos por Glenda Kozlowski e Elia Júnior, e no canal BandSports. “Vou estar onde o peso da longevidade da minha carreira possa ter um significado que favoreça este novo produto da Band”, enfatiza.

Criado no interior de São Paulo, inicialmente em Araçatuba e depois em Rancharia, Regi iniciou a carreira em 1968 como repórter do jornal O Estado de S. Paulo. Cobriu duas Olimpíadas e três Copas do Mundo, mas com a ascensão dos pilotos brasileiros na Fórmula 1, passou a se dedicar ao automobilismo e não parou mais.

Ao longo de sua trajetória profissional, acompanhou de perto mais de setecentas corridas, oito conquistas de títulos mundiais e 101 vitórias de pilotos brasileiros, além de ter formado uma dupla imbatível com Galvão Bueno na TV Globo, onde trabalhou por mais de quatro décadas. Na Fórmula 1, dividiu os microfones também com Luciano do Valle, Oliveira Andrade, Luís Alfredo, Cléber Machado, Sérgio Maurício e Luís Roberto.

Atualmente, o comentarista tem o seu próprio canal no YouTube, chamado AutoMotor por Reginaldo Leme, e um aplicativo para celulares com o mesmo nome. Ele ainda é autor do anuário AutoMotor, editado há 29 anos, e está terminando de escrever seu livro de memórias da carreira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio