Assim como Bom Sucesso, outras novelas que mostraram escolas de samba

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bom Sucesso só vai estrear agora, nesta segunda-feira (29), na tela da Globo. A nova trama das 7, porém, gerou burburinho muito mais cedo na mídia, quando, em fevereiro deste ano, Grazi Massafera, Ingrid Guimarães e Antônio Fagundes rodaram na Marquês de Sapucaí algumas sequências-chave do início da trama.

Nelas, a vaidosa vilã Silvana (Ingrid) tenta roubar da heroína, Paloma (Grazi), o destaque em no desfile da Unidos de Bom Sucesso, agremiação real do bairro onde se passa a história.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não vai ser a primeira vez que ficção e realidade se confundem no contexto carnavalesco dentro de um folhetim nacional. Escolas de samba, reais e fictícias, já serviram como ponto de encontro com a diversão e a alegria para diversos personagens da TV. A seguir, vamos recordar algumas novelas que ‘arrasaram’ na avenida!

Susana Vieira e José Wilker desfilaram com a escola fictícia de Senhora do Destino (Divulgação / Globo)

Senhora do Destino

Alguns dos trechos mais divertidos da novela Senhora do Destino reproduziram o dia a dia da escola de samba Unidos de Vila São Miguel, onde se cruzavam personagens como o bicheiro Giovanni Improta (José Wilker), o carnavalesco Bira (Luiz Henrique Nogueira) e a sensual Nalva (Tânia Khalill).

Esse núcleo cresceu ainda mais aos olhos da audiência quando a protagonista, Maria do Carmo (Susana Vieira), foi escolhida como tema do desfile da Unidos de Vila São Miguel no Carnaval – com direito a samba-enredo composto especialmente para a ocasião.

Lindomar (Ivan Parente) em As Aventuras de Poliana (Divulgação/SBT).

As Aventuras de Poliana

Os desfiles da Unidos do Jardim Bem-Te-Vi nunca chegaram a aparecer em cena na trama de Íris Abravanel. A existência da escola, no entanto, vieram à tona quando Jeff (Vítor Britto) e Vini (Vincenzo Richy) descobriram o passado de Lindomar (Ivan Parente), pai do primeiro, como cantor e sambista na agrupação.

Quando perdeu a memória, no mesmo acidente que matou Ciro (Nando Cunha), Lindomar passou vários capítulos acreditando estar vivendo o período de auge da escola e cantarolando seu samba-enredo. “É daqui pra lá, é de lá pra cá…”

Jussara (Betty Faria), de Partido Alto (Memória Globo)

Partido Alto

A escola Acadêmicos do Encantados era o palco do triângulo amoroso central desta trama de Glória Perez em co-autoria com Aguinaldo Silva. Amante do poderoso bicheiro Célio Cruz (Raul Cortez), a porta-bandeira Jussara (Betty Faria) amava na verdade o sonhador sambista Piscina (José Mayer).

Juliana Alves vive Gislaine em Duas Caras (Divulgação / Globo)

Duas Caras

Aguinaldo Silva é um verdadeiro especialista em Carnaval em suas novelas. Nesta trama de 2007, a fictícia favela da Portelinha ganhou também uma escola de samba para chamar de sua: a Nascidos da Portelinha. Teve até desfile real da agrupação, gravado durante o Carnaval de 2008 e inserido na trama.

Odete (Mara Manzan) e Karla (Juliana Paes), de O Clone (Reprodução / Globo)

O Clone

Nesta inesquecível trama de Glória Perez, uma escola da vida real – a Unidos da Grande Rio – foi trazida para a fantasia a fim de realizar o sonho de Karla (Juliana Paes), uma das personagens do folhetim. A filha de Odete (Mara Manzan) aprontou várias confusões até conseguir o objetivo de desfilar pela agremiação carioca.

Cora (Marjorie Estiano) foi baleada durante desfile de Império (Reprodução / Globo)

Império

Outra novela de Aguinaldo Silva que, embora dona de um estilo mais sóbrio do que as anteriores – mérito principalmente da direção de Rogério Gomes, em sua primeira parceria com o autor -, também destacou o universo carnavalesco.

O mote foi praticamente o mesmo de Senhora do Destino: o protagonista, José Alfredo (Alexandre Nero), virou tema do desfile da fictícia União de Santa Teresa, com direito a desfile filmado na Sapucaí. Neste caso, porém, a folia acabou de forma trágica para Cora (Marjorie Estiano), que morreu tentando salvar José Alfredo de um atirador mascarado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais