Ana e Manu renegam Eva e escolhem outra mãe em cena forte no fim de A Vida da Gente

Irmãs desabafam sobre necessidade de afastar a mãe narcisista em sequência emocionante

Publicado em 5/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela A Vida da Gente, da Globo, chega ao fim nesta sexta-feira (6). Sendo reprisada pela primeira vez na TV aberta, a trama de Lícia Manzo conseguiu conquistar o público novamente, assim como aconteceu em 2011, ano em que foi exibida originalmente.

Uma das maiores repercussões desta reta final do folhetim gira em torno da sordidez de Eva, interpretada pela atriz Ana Beatriz Nogueira. Mãe de Manuela (Marjorie Estiano) e de Ana (Fernanda Vasconcellos), a personagem mostra frieza no trato com uma das filhas – Manu – e extremo zelo com a outra – Ana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No fim, porém, Eva acaba ultrapassando vários limites que lhe foram dados ao longo da história e perde até mesmo a compreensão de Ana, sua filha mais próxima, e de sua mãe, Iná, papel da saudosa Nicette Bruno. Em suas artimanhas, nem mesmo a neta Júlia, vivida por Jesuela Moro escapou, e foi manipulada para que ela ganhasse dinheiro e chamasse a atenção de todos. Foi totalmente rechaçada.

No último capítulo: Eva renegada

Todas as maldades e loucuras de Eva vão ser digeridas pelas filhas Ana e Manu no penúltimo e último capítulo, que vão ao ar nesta quinta-feira (5) e sexta-feira (6) respectivamente. A treinadora dá um basta nas insinuações irônicas da mãe em relação à irmã, e chega a dizer que “não será mais filha” dela.

Após o transplante bem sucedido de Manu para Júlia, Eva surpreende ao levar uma sopa para a filha, que enfrentará o pós-cirúrgico. Mesmo assim, sua presença é carregada de energias negativas e faz com que Ana e Manuela reflitam sobre o convívio com a mãe dali para a frente.

Em conversa com a avó, presente durante toda a cena de entrega da sopa e do ‘adeus’ que Eva dá às filhas, Ana enxerga que o melhor a se fazer é se afastar da mãe. “Sabe o que eu acho? Que a gente tem que criar uma estratégia de sobrevivência“, diz Ana.

Ela continua, agora se dirigindo especificamente à Manu, que sempre foi rejeitada por Eva. “Tem que começar a lidar com ela como um caso clínico. Com distanciamento. A gente não pode morder essa isca neurótica que ela joga pra gente o tempo todo, Manuela”, expõe Ana. Iná concorda e sugere que elas comecem a abrir somente o mínimo sobre suas vidas para a mãe delas.

Iná, a nova mãe

Manu, em seguida, faz o comentário bastante forte e que pode significar um recomeço para a vida familiar das três mulheres que ali estão. “Eu posso falar? Eu acho que na verdade que quem é nossa mãe mesmo é você, vó”, diz ela, emocionada.

Iná, com toda sua gentileza, responde: “Vai ver que sou mesmo. Por que o importante é saber o que tem dentro dessa palavra tão forte: mãe. Autoridade, vontade de domínio… ou afeto, amor verdadeiro?”, reflete a avó, recebendo sorriso das netas.

Veja foto desse momento:

Iná (Nicette Bruno), Ana (Fernanda Vasconcellos) e Manu (Marjorie Estiano) em A Vida da Gente (Reprodução/Globo)
Ana Beatriz Nogueira (Eva) e Marjorie Estiano (Manu) em cena de A Vida da Gente (Reprodução: Globo)
Eva (Ana Beatriz Nogueira) e Ana (Fernanda Vasconcellos) em A Vida da Gente (Reprodução/Globo)

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Vida da Gente.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio