“Acredito que meu público já existe”, afirma Marília Mendonça

Publicado em 29/06/2017

Marília Mendonça é o fenômeno da vez! Dona de uma voz potente e sem pretensão de agradar a todos, ela concedeu uma entrevista exclusiva contando um pouco do seu ofício, o que ela pensa de artistas que usam o recurso do playblack e da consolidação constante do seu público.

Marília vem enfrentando uma rotina de shows intensa, por conta do período junino , no nordeste, além de aparições em programas de Tv. Recentemente, a cantora se envolveu em uma polêmica com a cantora Elba Ramalho. A cantora paraibana alegou que a festa de São João vem perdendo sua essência com a invasão do gênero sertanejo, algo rebatido por Marília. Independente disso, a cantora sertaneja mostra que tem personalidade suficiente para gerir sua carreira e defender suas opiniões. Com vocês, Marília Mendonça!

Em êxtase com o atual momento da carreira? Momento para curtir ou procurar definir seu público-alvo?

Acredito que meu público já existe, não tem como a gente definir, eu cheguei, estou feliz demais e tenho muitos fãs que me amam, eu amo tudo isso também.

Como define seu repertório? O que já incluiu em sua playlist que deixou seus fãs surpresos?

Ah, eu escolho com minha produção musical, e quando eu faço um funk, por exemplo, as pessoas se surpreendem mas adoram, mesmo porque eu sempre descontraio e brinco na música.

Se pudesse se desconstruir como indivíduo, o que poderá surgir?

Hahaha essa eu não entendi! Jamais me desconstruiria.

Por que o playback é tão criticado aqui e lá fora, as grandes divas da música utilizam, sem estranheza do público?

É uma questão de cultura, creio eu, canto ao vivo em todos os shows.

Existe uma crise financeira e musical no mercado ou é alarme falso de críticos limitados?

Não posso te dizer, sou cantora e não crítica!

Qual o seu discurso? Qual seu diferencial para atrair tantas pessoas?

Ser verdadeira, segura, falar o que muitas pessoas gostariam de falar, isso me fez ser a Marília Mendonça.

Por Igor Martim