Amor de Mãe: Camila cansou de ser forte, mas autora insiste em “mostrar sua força”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Camila (Jéssica Ellen) voltou a sofrer em Amor de Mãe. Atropelada a mando da sogra, Thelma (Adriana Esteves), descobriu no capítulo desta segunda-feira (22) que ficaria em uma cadeira de rodas. A autora da novela, Manuela Dias, justificou assim a trama da personagem.

“Como saber quando um autor ama um personagem? Quando dá ao personagem chances de mostrar sua força”, escreveu no Twitter. A reação do público à cena e, principalmente, ao tweet da novelista coloca em xeque o amor que Manuela supostamente sente por Camila.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A autora de Amor de Mãe entrou em contradição por querer “mostrar a força” da personagem que, há pouco mais de um ano, em uma das cenas mais emocionantes da novela, desabafou com a mãe, Lurdes (Regina Casé), de que estava cansada de ser forte.

“Eu tenho que ser forte porque eu sou mulher e pra mulher tudo é mais difícil. Tem que aguentar sempre um babaca olhando pro meu peito ao invés de prestar atenção no que eu tenho a dizer. Eu tenho que ser forte porque eu sou preta e a gente vive num país racista. Eu tenho que ser forte porque eu sou professora, porque eu tentei ajudar meus alunos e levei um tiro. Eu tô cansada, mãe!”, disse a personagem, internada no hospital após ser vítima de uma bala perdida e descobrir que estava grávida.

A fala, exibida em 13 de janeiro de 2020, comoveu mulheres negras e pobres que são vistas como “fortes” por aguentarem a vida difícil e o preconceito. Já a cena desta segunda incomodou este mesmo público, e com razão.

Manuela, as mulheres pretas estão cansadas de sempre parecerem fortes, e você sabe disso, afinal é de sua autoria a fala de Camila com Lurdes. Mulher preta também chora, também é vulnerável, também sente tristeza. Ela tem o direito de ser fraca.

Exaltar a força de uma mulher preta e pobre é um estereótipo, aquela imagem padrão que parece representar todo um universo. Entretanto, esta imagem da “mulher forte”, Manuela, está ultrapassada.

Manuela Dias diz amar Camila para fazê-la “mostrar sua força”. Romantizar o sofrimento dela é provar que sente um amor tão puro e sincero quanto o de Thelma pela nora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio