Ingrato?

José renega paternidade, recusa presente valioso e destrói o coronel Tertúlio em Mar do Sertão

Mocinho mostra ressentimento pelo seu pai biológico

Publicado em 12/01/2023

A raiva e o desejo de vingança crescem e deixam José (Sérgio Guizé) irreconhecível em Mar do Sertão. Após descobrir detalhes do seu passado, ele renega e começa a humilhar o coronel Tertúlio (José de Abreu).

Mesmo com o apelo do velho para que se acertem, o noivo de Candoca (Isadora Cruz) não dá o braço a torcer. Tanto que ele até recusa um presente valioso do poderoso.

A revelação de que é filho do coronel com uma empregada, logo, irmão de Tertulinho (Renato Góes), deixam o mocinho ainda mais revoltado. Nem mesmo ver Tertúlio com o pé na cova vai amolecer o seu coração.

José (Sérgio Guizé) e Tertúlio (José de Abreu) em Mar do Sertão
José (Sérgio Guizé) e Tertúlio (José de Abreu) em Mar do Sertão

Nada de presente

Mesmo sendo renegado por seu filho bastardo, o fazendeiro toma uma importante decisão. Cada vez mais debilitado, Tertúlio decide doar seus bens.

Primeiro, ele dá um pedaço de terra para Catão (Déo Garcez) e avisa que presenteará os demais funcionários com parte de sua fazenda. Ao saber do fato, Deodora (Débora Bloch) fica uma fera e age para interditar o marido.

Depois, o coronel reúne seus dois filhos e faz um anúncio: ele diz que sua herança será dividida igualmente entre José e Tertulinho.

Coronel Tertúlio (José de Abreu) em Mar do Sertão
Coronel Tertúlio (José de Abreu) em Mar do Sertão

Enquanto o traste fica todo feliz, José ironiza. O mocinho faz questão de recusar o presente e diz que não vai aceitar nada do pai. Irreconhecível, ainda humilha o velho. Tertúlio, claro, fica ainda mais triste.

Mas o protagonista é enfático: afirma que seu verdadeiro pai sempre foi Daomé (Wilson Rabelo) e não quer proximidade com o coronel, tampouco com seus bens. Que situação!