#MeTooBrasil: Campanha contra assédio sexual chega ao País

Inspirado em Hollywood, movimento independente por aqui se une a um projeto de proteção às mulheres ligado ao Ministério Público

Publicado há 10 dias
Por Edianez Parente
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chega ao País o #MeTooBrasil, inspirado no movimento iniciado em Hollywood contra o assédio sexual na indústria de cinema e audiovisual. Nos Estados Unidos, o #MeToo envolveu atrizes e profissionais de produção e levou à condenação a 23 anos de prisão do poderoso produtor Harvey Weinstein.

O objetivo da campanha #MeTooBrasil é dar visibilidade aos milhares de relatos de abuso sexual silenciados e dar suporte para que as mulheres saibam que não estão sozinhas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O movimento brasileiro se apresenta como um braço independente inspirado e influenciado pela iniciativa fundada por Tarana J. Burke nos Estados Unidos.

Há um site, o  https://metoobrasil.org.br/ , onde as vítimas podem contar sua história, buscar apoio (jurídico, psicológico e socioassistencial), além de ter orientação sobre como realizar denúncias formais que podem ser remetidas às autoridades competentes.

O #MeTooBrasil tem coordenação das advogadas Isabela Guimarães Del Monde, Gabriela Souza, Marina Ganzarolli e Luanda Pires. Elas se uniram em parceria com o Projeto Justiceiras, fundado pela Promotora de Justiça Gabriela Manssur e pelas advogadas Luciana Terra e Anne Willians e apoiado pela Associação Nacional dos Membros do Ministério Público – Conamp e Mega Models.

A união de esforços por meio da parceria com o projeto Justiceiras promete apoio e orientação às sobreviventes e a tomada de providências necessárias junto às autoridades competentes e encaminhamento à Ouvidoria das Mulheres do Conselho Nacional do Ministério Público.

O objetivo é acabar com o abuso sexual no Brasil, principalmente aqueles cometidos com abuso de autoridade, hierarquia no trabalho, superioridade econômica e liderança religiosa ou espiritual.

Cartilha

Em 2018, as entidades do audiovisual no Brasil lançaram uma cartilha de orientação ao mercado sobre as questões de assédio sexual. O material serviu de apoio às empresas e profissionais envolvidos nas produções filmadas em estúdios ou em locações. O documento pode ser baixado aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais