Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Conheça os três filhos de Almir Sater (e os que atuam em Pantanal)

Cantor e compositor interpreta o chalaneiro Eugênio no remake

Publicado em 06/08/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quais filhos de Almir Sater estão em Pantanal? O veterano compõe o elenco do remake de Pantanal e também esteve na versão original, em 1990, quando foi exibida pela Rede Manchete.

Cantor, violeiro e compositor, Almir interpretou Xeréu Trindade na edição antiga, ao lado do também músico Sérgio Reis, que fez Tibério e não está na refilmagem da Globo.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Agora, Sater interpreta o chalaneiro Eugênio, um personagem que conduz a chalana pelo rio pantaneiro, dá conselhos sábios e lidera as rodas de viola.

Quim (Chico Teixeira) e Eugênio (Almir Sater) são dois dos músicos do elenco de Pantanal (Divulgação Globo)

Natural de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, berço do bioma Pantanal, Almir Sater tem atualmente 65 anos e se divide entre São Paulo e sua fazenda na região onde é gravada a trama global.

Além de Pantanal, Sater protagonizou a novela A História de Ana Raio e Zé Trovão, e esteve em O Rei do Gado, na Globo, e Bicho do Mato, na Record TV.

Almir Sater nas duas versões de Pantanal

Filhos de Almir Sater

Almir Sater tem três filhos: Gabriel Sater, Ian Sater e Bento Sater. No entanto, somente um deles está atuando na novela Pantanal: Gabriel, de 40 anos de idade, o primogênito do artista.

Ian, tem 28 anos, e Bento, 25. Os dois faziam parte da banda de rock Suburbia e são bem discretos em relação à vida pública. Eles são frutos do casamento de Almir com Ana Paula Sater.

Ian e Bento, filhos de Almir Sater, que não estão em Pantanal

Gabriel Sater, que está no remake de Pantanal produzido pela Globo, é filho do cantor com Selene Albuquerque. Esta é a segunda telenovela dele, a primeira foi Meu Pedacinho de Chão.

Em entrevista coletiva realizada pela Globo, o filho de Almir Sater contou detalhes sobre sua proximidade com o papel que interpreta: Xeréu Trindade, o mesmo que seu pai viveu na primeira versão de Pantanal, em 1990.

“Antes de fazer o teste da novela comecei a investigar com meu pai inúmeras histórias. Mesmo como fã da novela, assistindo, tinha muita curiosidade das intimidades do set com meu pai. Quis entender o processo em relação ao Trindade, como ele chegou ao convite para ser o Trindade, porque não foi de cara…“, diz Gabriel.

Gabriel Sater criança com o pai, Almir Sater, e ao lado em Pantanal

Ele abre o jogo sobre o processo de composição. “Aos poucos entendi cada cena e também cada camada desse personagem complexo depois que passei no . A cada cena que via fui perguntando [para Almir Sater], mas ele me deixou muito livre, pediu pra eu encontrar o novo“, revela o artista.

Gabriel Sater como Xeréu Trindade

Xeréu Trindade, papel de Gabriel Sater, vale dizer, é um peão e violeiro, que, segundo a história original, tem uma espécie de ‘pacto com o diabo’.

O personagem faz parte de mais uma das lendas contadas por Benedito Ruy Barbosa, junto com o Velho do Rio e a mulher-onça, encarnada tanto por Maria Marruá (Juliana Paes) quanto por Juma Marruá (Alanis Guillen).

Ao longo da trama, Trindade se envolve com Irma (Camila Morgado), com quem terá um filho. No entanto, em 1990, o personagem foi embora antes do fim da novela. Não se sabe se assim ocorrerá no remake.

Além de atuar, Gabriel Sater canta uma das músicas da trilha-sonora de Pantanal: “Amor de Índio”, canção composta por Beto Guedes na década de 70 e que hoje é o tema de Juma e Jove.

Confira também: Fez quais novelas? Quem é a atriz que vive Maria Bruaca em Pantanal

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade