Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
NOVA NOVELA

Conheça as cenas que foram cortadas do remake de Pantanal

Houve uma atualização necessária na abordagem de alguns personagens. Veja

Publicado em 16/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Adaptado por Bruno Luperi, o remake de Pantanal estreia dia 28 de março no horário nobre da Globo. Ao que parece, a trama irá apresentar algumas mudanças em relação à história original, escrita por Benedito Ruy Barbosa, avô de Luperi.

A primeira versão, vale lembrar, foi transmitida pela extinta Rede Manchete no ano de 1990, ou seja, já faz 32 anos. Portanto, muitas narrativas usadas no enredo à época não podem ser aceitas mais nos tempos atuais pelo simples fato de serem ofensivas e preconceituosas.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Homofobia

Falas homofóbicas, por exemplo, faziam parte do roteiro de alguns personagens de Pantanal, sobretudo do protagonista José Leôncio. Em 1990, o peão que se torna fazendeiro foi dividido por Paulo Gorgulho e Claudio Marzo. Agora, será feito por Renato Góes e Marcos Palmeira.

Marcos Palmeira em Pantanal

Na trama, o pantaneiro proferia frases homofóbicas dirigidas ao filho Jove, papel que foi de Marcos Winter e será de Jesuíta Barbosa. O pai ficou 20 anos sem ver o rapaz e no reencontro passou a rotulá-lo por seu jeito de se vestir e seu comportamento. Segundo o Notícias da TV, na Pantanal atual, Zé Leôncio só vai criticar o garoto por conta das diferenças culturais.

Na verão antiga Jove também sofreu nas mãos de outra personagem, Nalvinha (Flávia Monteiro), uma ex-namorada sua que, para se vingar por ver o rapaz com Juma (Cristiana Oliveira), a nova eleita, espalha que diversos nomes pejorativos para dizer que ele é gay. Já na novela roteirizada pela Globo, essa antiga namorada existirá, mas o apelo homofóbico não mais.

Trama de Zaqueu

Além das alterações em parte da história de Jove, a nova Pantanal apresentará uma transformação na abordagem do personagem Zaqueu, vivido por Silvero Pereira.

Silvero Pereira será o mordomo Zaqueu em Pantanal (Reprodução Instagram)

Zaqueu, que na primeira versão foi feito por João Alberto Pinheiro, já falecido, é o mordomo da casa de José Leôncio, recém-chegado do Rio de Janeiro. Em sua estadia, ele acaba se apaixonando por Alcides, antes feito por Ângelo Antônio e agora vivido por Juliano Cazarré.

Na história de 1990, Zaqueu sofria discriminação de diversos personagens e quase não tinha trégua no roteiro, que era recheado de piadas homofóbicas.

No remake da Globo, de acordo com o Notícias da TV, a trajetória de Zaqueu foi repaginada, ganhando até defensores das falas preconceituosas ditas por Tenório, vilão da trama vivido por Murilo Benício.

Leia outros textos AQUI.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....