Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Telessérie

Remake de Dona Beija já é realidade, mas vai ficar para 2023

Clássico da Rede Manchete (1986) ganhará versão pela HBO Max

Publicado em 20/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O remake de Dona Beija, clássico da extinta Rede Manchete, de 1986, segue em desenvolvimento pela produtora Floresta para a HBO Max. Entretanto, sua produção terá inicio apenas em 2023, é o que informa Flávio Ricco em sua coluna no portal R7.

Ainda de acordo com o publicado, os roteiristas António Barreira (vencedor do Emmy por Meu Amor/TVI/2009) e Renata Jhin, filha da também autora Elizabeth Jhin, ainda estão na fase inicial com os textos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Sendo assim, um planejamento só será traçado a partir da entrega dos primeiros capítulos às equipes de produção.

Por outro lado, mesmo sendo muito cedo para afirmar algo, já existe uma expectativa para que a atriz Maitê Proença, que deu vida à cortesã mineira na versão original, participe da produção. Como protagonista, Grazi Massafera é o nome mais cotado para encarnar a personagem nesta releitura.

Maitê Proença em Dona Beija (Reprodução: Rede Manchete)

Doja Beija, por sua vez, será apresentada ao público como telessérie pelas mãos de Silvio de Abreu, agora produtor executivo da plataforma, que define o projeto como um “híbrido de novela e série”. Na prática, serão novelas mais curtas, com cerca de 60 capítulos.

Mais de Dona Beija na HBO Max

A mítica loira, filha de uma índia, que encantou homens e enfureceu as mulheres na região de Araxá, em Minas Gerais, além do melodrama, a história também virou nome de livro e ganhou um status quase folclórico na história do Brasil.

Quase cento e cinquenta anos depois de sua morte, tudo que cerca a trajetória de Dona Beja ainda encanta muita gente, inclusive quem visita as fontes que banharam a bela mulher na cidade.

Seu verdadeiro nome é Ana Jacinta de São José, nascida na década de 1800. Dona Beija foi uma cortesã que abalou a sociedade da época por ser despojada e muito à frente de seu tempo.

Dona Beija (Rede Manchete)

Beija não era reverenciada somente pela beleza e o trato fino como também pela inteligência, apesar dela ser analfabeta.

Com o fascínio de sua beleza ela exercia poder sobre os homens. Ela foi recepcionada na cidade com uma bandeja de fezes e retribuiu com rosas.

Objetos e vestimentas usadas na novela da Rede Manchete fazem parte do acervo de Dona Beija na cidade, que preserva parte da história da mais importante cortesã mineira.

Uma das fontes onde Beija se banhava está preservada na região do Barreiro, onde fica também o grande hotel. A feiticeira foi imortalizada em azulejos que reproduzem os banhos de Beija nessas fontes.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....