Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Celebração

70 anos da telenovela no Brasil: Vilãs do SBT que deixam Carminha no chinelo

Emissora de Silvio Santos também fez história com grandes personagens

Publicado em 21/12/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Data hoje, 21 de dezembro, os 70 anos da telenovela no Brasil, gênero que fez o nosso país ser referência mundial e que trouxe para os lares da população personagens emblemáticos que nunca mais serão esquecidos. E quando falamos em figuras marcantes das novelas, não podemos pensar diretamente em obras da TV Globo, mesmo que seja ela a melhor produtora de teledramaturgia no mundo.

Fora da Globo, mais propriamente no SBT, que também em algum momento veio a se tornar uma boa e prestigiada potência no campo dessas produções, grandes personagens brilharam e são lembrados pelo público. No início do século, inclusive, vilãs tão perversas quanto Carmem Lúcia, a Carminha de Avenida Brasil, também deram o que falar.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Pensando nisso, a coluna Holofote lista algumas delas que tacaram o terror nas histórias produzidas na emissora de Silvio Santos e que são aclamadas até hoje. Relembre!

Rosana Delaor – Amigas e Rivais (2007)

Talita Castro como Rosana Delaor em Amigas e Rivais (Reprodução: SBT)

A primeira serial killer das novelas do SBT chocou a todos com sua perversidade. Rosana Dealor, interpretada brilhantemente pela atriz Talita Castro matou meio mundo e terminou a novela num manicômio. Apesar da baixa audiência da novela, a vilã é muito lembrada pelo público da emissora.

Os cabelos em tom vermelho, marca da personagem, transformou Rosana em um personagem único. Uma mulher violenta, cruel e vingativa que quase matou o elenco inteiro da novela.

Ela matou Ângela (Hilka Maria), Patrícia Delaor (Patrícia Quadros), Mônica (Renata Ricci) – pensando que fosse Laura (Lisandra Cortez), sua empregada Joaninha (Marcia de Oliveira) Alessandra (Suzana Alves), Alma (Tânia Castello), matou Dr. Salvatore (Ricardo Homut) eletrocutado em um motel e muitos outros. Uma recordista em maldade! 

Teresa – Canavial de Paixões (2003)

Débora Duarte como Teresa em Canavial de Paixões (Reprodução: SBT)

Teresa foi vítima de uma grande mentira. A partir de então ela passou a proteger seu filho de qualquer contato com Clara, filha da suposta amante do seu falecido marido. Decidida a destruir a vida da jovem, Teresa abre guerra contra a família dela e ao longo da história ela se torna uma mulher cada vez mais amarga, cheia de rancor e ódio.

Débora Duarte tem essa personagem como um dos melhores papeis de sua carreira. E embora a redenção da Teresa nos últimos capítulos, nada apaga o mal que ela fez a tanta gent.

Laura – Amor e Ódio (2002)

Viétia Zangrandi como Laura em Amor e Ódio (Reprodução: SBT)

Viétia Rocha/Zangrandi viveu duas vilãs consecutivas no SBT: a Laura Castro em Amor e Ódio (2002) e a Celine em Pequena Travessa (2003). Na primeira ela era uma invejosa de primeira linha, completamente cega para destruir o romance de Regina (Suzy Rêgo) e José Maria (Daniel Boaventura).

Na tentativa de matar a prima diversas vezes, Laura acabou ficando louca e tirando a própria vida em uma das cenas mais antológicas da dramaturgia do SBT. Uma das suas maldades mais marcantes foi quando ela matou Martinha (Maximira Figueredo). Em Pequena Travessa, ela também fez muitas crueldades ao lado de Mercúrio (Nico Puig).

Malvina – Maria Esperança (2007)

Tânia Bondezan como Malvina em Maria Esperança (Reprodução: SBT)

Tânia Bondezan roubou a cena ao dar vida à Malvina. Uma mulher ambiciosa, que faz de tudo para conquistar o que deseja, ela mora com seu filho Eduardo (Ricardo Ramory) na casa do sobrinho milionário, Santiago (Nico Puig). Ele morre, mas deixa Malvina sem saber que ele casou com Maria (Bárbara Paz).

Quando descobre fica revoltada e move céus e terras para tomar o dinheiro dela. Ao saber que ela é apaixonada por Eduardo, Malvina manipula seu filho e faz com que ele se case com Maria para que assim possa controlá-la e tomar seu dinheiro, mas sem querer ele acaba se apaixonando.

Amparo – Marisol (2002)

Glauce Graieb como Amparo em Marisol (Reprodução: SBT)

Amparo é uma mulher arrogante e capaz de tudo para defender seu interesses. Quando ela descobre que seu filho Rodrigo (Carlos Casagrande) está envolvido com Marisol (Bárbara Paz), uma mulher humilde, ela inicia uma sessão consecutiva de maldades contra a jovem. No meio do percurso ela se envolve com bandido, trai seu marido e comete crimes terríveis como envenenamento.

Seu final na história é chocante. Amparo se suicida deixando para trás marcas irreparáveis na vida de toda a sua família e de Marisol. Glauce Graieb em um de seus melhores momentos.

Sofia – Os Ricos Também Choram (2005)

Ludmilla Dayer como Sofia em Os Ricos Também Choram (Reprodução: SBT)

A atriz Ludmila Dayer definiu sua personagem como “fria, calculista e nojenta”. E de fato Sofia cumpriu isso e mais um pouco ao se tornar uma vilã tão ardilosa quanto sua própria mãe, Ester (Mika Lins). Ao longo da trama, apesar de não ter matado ninguém, Sofia foi cúmplice das piores atrocidades cometidas por seus aliados.

Berenice – Fascinação (1998)

Samantha Dalsoglio como Berenice em Fascinação (Reprodução: SBT)

Interpretada por Samantha Dalsoglio, Berenice vivia um amor retraído por Carlos Eduardo (Marcos Damigo) por se achar feia. Ele acaba casando com sua amiga, Clara (Regiane Alves). Mais tarde, com as reviravoltas da história o rapaz sofre uma grande desilusão com Clara e então Berenice resolve investir nesse amor.

Os dois se casam, mas Carlos Eduardo não a ama de verdade. Eles acabam vivendo um relacionamento conturbado e cheio de brigas. Berenice se torna alcoólatra e passa a traçar como objetivo destruir a vida de Clara.

A vilã se envolve com bandidos e cada vez mais vai se afundando, até que, depois de muitas maldades, acaba morrendo de alcoolismo e depressão. Com uma atuação impecável, Samantha conseguiu comover o público com a sofrida personagem.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....