Todas as Flores

Zoé causa reviravolta no tribunal, assume todos os crimes e inocenta Maíra: “A única culpada sou eu”

A malvada faz a filha se livrar da cadeia

Publicado em 15/11/2023

Chegará o importante dia do julgamento de Maíra (Sophie Charlotte) em Todas as Flores. Vanessa (Letícia Colin) seguirá acusando a protagonista de crimes que ela não cometeu e Zoé (Regina Casé) fará uma reviravolta no caso ao ser sincera.

“Eu sou a culpada. Eu matei o Rivaldo, pai dela. Eu matei a Guiomar (Ana Beatriz Barbosa). Eu matei o Humberto (Fábio Assunção), amor da minha vida. Matei, a culpa é minha. Minha máxima culpa. Essa menina é inocente, não fez nada disso, nunca iria fazer”, assumirá a matriarca.

“Maíra não me sequestrou, não me torturou, não me manteve em cativeiro. Essa menina é inocente, não fez nada disso. A única culpada em todas as instâncias sou eu. E tem mais: quem estava envolvida nessa quadrilha de tráfico humano era eu. Quem traficava gente era eu. Fui eu também que convenci o Galo (Jackson Antunes) a incriminar a Maíra”, destacará a vilã.

“A senhora não pode levar em consideração o que ela está dizendo. Ela está senil, não tem condição nem de estar depondo”, rebaterá Vanessa (Letícia Colin). “Foi ela que me sequestrou e torturou!”, acusará Zoé, enquanto a malvada vai embora do local.

“A senhora tem noção do que está dizendo? Está se incriminando”, perguntará a juíza. “Minha filha Maíra é uma vítima. É uma menina maravilhosa. Eu nem sabia que existia gente assim. É muito boa, com certeza não merece essa mãe que ela tem”, lamentará a mulher.

“Eu sei que não mereço o perdão de vocês, muito menos o seu. Mas eu vou pedir perdão. Me perdoa. Eu tomei coragem para pedir perdão porque acho que agora, nesse momento, talvez pela primeira vez em toda a minha vida eu tô sendo uma mãe de verdade”, concluirá Zoé, sendo levada presa.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade