renascer

Padre Santo impõe condição para celebrar casamento de José Inocêncio e Santinha, mas volta atrás

Religioso quer a cerimônia sem convidados

Publicado em 30/01/2024

O casamento de Maria Santa (Duda Santos) e José Inocêncio (Humberto Carrão) dá o que falar no remake de Renascer. E os próximos capítulos, Padre Santo (Chico Diaz) aceita celebrar a união do casal na casa de Jacutinga (Juliana Paes), mas exige que a cerimônia seja realizada sem convidados. No dia marcado, porém, todos aparecem para o evento, o que obriga o religioso a tomar uma decisão.

Padre, esse casório vai acontecer. E é o senhor que vai fazer, porque o senhor é o único padre dessa região. E vai ser na casa de Jacutinga“, diz o protagonista. “Não, não, não, não, não, meu filho, não, não, casamento é uma coisa sagrada. Não é uma mera banalidade. Pense na minha reputação se eu fizer uma coisa dessa”, devolve o padre.

Mas, com muita insistência, José Inocêncio consegue convencer o padre a celebrar a união. “Mas eu faço uma imposição: Na cerimônia, eu só quero as damas da casa, os noivos, os padrinhos e mais ninguém. […] Uma cerimônia simples, sem alarde, depois, se vocês quiserem, se esbaldam aqui na fazenda. Está bem?”, exige o religioso.

No dia do casamento, as jovens do bordel finalizam os últimos detalhes para a grande festa. Os residentes da região começam a chegar e se acomodar, ansiosos para celebrar a união. No entanto, quem não recebe bem essa notícia é Padre Santo.

Ao se aproximar do casarão de Jacutinga, nota que toda a vila está deserta, indicando que, muito provavelmente, todos se dirigiram ao local da cerimônia nupcial. Mesmo assim, o católico volta atrás em sua decisão e aceita fazer o casamento com a participação dos convidados, que celebram a decisão.