Decisão

O Rei do Gado: Marcos fica descontrolado no tribunal, a situação se complica para ele e a sentença do julgamento surpreende a todos

O acusado surta com os questionamentos do promotor e quase coloca tudo a perder

Publicado em 18/05/2023

O Rei do Gado, trama de Benedito Ruy Barbosa em reexibição no Vale a Pena Ver de Novo da Globo, vai chegando em sua reta final. E o julgamento de Marcos (Fábio Assunção) mexe com todos. Bruno (Antônio Fagundes) fica aflito com a situação do filho e faz até promessa para o rapaz ser inocentado no caso da morte de Ralf (Oscar Magrini).

Chega então o dia do júri que vai definir o futuro do filho do Rei do Gado. Marcos é interrogado pelo juiz e dá respostas debochadas, para desespero de todos. Geraldino (Marcelo Galdino) e Clóvis (Amilton Monteiro) são interrogados e na sequência Marita (Luciana Vendramini) é chamada e diz que Ralf era seu marido e não tem certeza de que ele esteja, mesmo, morto. Suzane (Leila Lopes) também depõe e conta o que aconteceu no iate, no Guarujá.

Logo em seguida, Léia (Silvia Pfeifer) é chamada para prestar seu depoimento e o advogado de Marcos pede que ela seja liberada, mas o promotor reclama e o juiz mantém os esclarecimentos da mãe do réu. É aí que Marcos perde o controle, quando o promotor o questiona sobre o caso de Léia com Ralf.

O advogado do ex-bad-boy se irrita e acredita que o rapaz pode ter colocado tudo a perder com seu terrível descontrole na frente de todos. Ao final do julgamento, o promotor faz suas acusações a Marcos, e a defesa tenta reverter o quadro e pede que o rapaz seja condenado apenas por ocultação de cadáver e não assassinato.

Algum tempo depois, o juiz volta ao plenário já com o veredicto. Para alívio de todos Marcos é inocentado da acusação de assassinato e condenado por ter ocultado o cadáver, o que lhe dá uma pena pequena e, como é réu primário, ganha o direito de responder em liberdade, cumprindo medidas preventivas. Emocionado, o rapaz comemora e abraça Léia.