Novela

Miguel solta bomba no tribunal, choca Jezebel, Sofia tenta humilhá-lo e leva resposta na lata

O homem revela ser filho de Ludovico

Publicado em 06/06/2023

Miguel (Caco Ciocler) será ouvido no julgamento de Ana Francisca (Mariana Ximenes) contra Jezebel (Elizabeth Savala) em Chocolate com Pimenta. “Eu sou filho natural do Ludovico (Ary Fontoura)”, revelará o homem. “Quer dizer que esse traste é meu parente?”, reagirá Jezebel.

“O falecido nunca o reconheceu como filho?”, perguntará Guilherme (Rodrigo Faro). “Minha mãe se casou com outro homem que me deu o seu nome, mas o Ludovico sempre enviou dinheiro para a minha educação e comprou uma casa para a minha mãe. Anos mais tarde quis me reconhecer como filho, mas eu já estava registrado com outro nome”, explicará o moreno.

“A finalidade desse testemunho foi comprovar a autenticidade dos documentos bancários assinados pelo Ludovico. E também a autenticidade da escritura feita em nome da mãe desse rapaz”, detalhará o advogado. “O senhor afirma ser filho natural do Ludovico, mas não tem provas”, reagirá Sofia (Patrícia França).

“Somente as cartas que ele enviava para a minha mãe”, responderá Miguel. “Mesmo assim veio para essa cidade tentar abocanhar uma parte da fábrica e inventou essa história mirabolante. Por acaso fez um acordo com a outra parte? Se vencer, a Ana Francisca lhe pagará algo?”, disparará a advogada.

“Protesto. A colega está acusando a testemunha em base de suposições”, apontará Guilherme. “Protesto aceito. A testemunha não é obrigada a responder”, concordará o juiz. “Eu faço questão. Eu não vim para Ventura em busca de fortuna, eu vim para conhecer o meu pai. O homem que me deu a vida, que era um ser humano bom, que amava a minha mãe e me amava”, destacará Miguel.

“E porque não veio antes?”, insistirá Sofia. “Eu não vim porque o meu pai adotivo estava vivo e não queria magoá-lo. Depois que ele faleceu eu vim, mas já era tarde. Eu vim trazido pelo vento. Penso que para viver não é necessário fortuna, Deus cuida de nós”, concluirá Miguel.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade