Walcyr Carrasco diz que crítico brasileiro é amargurado: “Se o desfecho é óbvio, e daí?”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Responsável pela autoria de A Dona do Pedaço, trama das 21h que exibe o último capítulo nesta sexta-feira (22), Walcyr Carrasco falou sobre as críticas que a novela recebeu de jornalistas responsáveis por avaliar as produções da TV brasileira.

“Eu nem de longe leio críticas. Eu vou perder tempo?”, disparou o escritor ao colunista Leo Dias. “O que eu acho é que é muito frequente no Brasil aquele crítico amargurado, que vê tudo ruim. Se o desfecho é óbvio, e daí que é óbvio? O que eu sei fazer é um desfecho bom. O de A Dona do Pedaço não será óbvio”, garantiu o famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O novelista disse ainda acreditar que os críticos não gostam de cultura popular. “Eu sinto que o crítico brasileiro não gosta daquilo que é para o povo. É intelectual. Crítico sempre acaba errando ao longo da história, no passado samba sempre foi considerado algo horrível, hoje virou ‘cool’”, analisou.

Com relação ao futuro das novelas, Carrasco destacou que vários países seguem realizando. “Se tem tanto país produzindo novela pra vender e cada vez mais países fazendo, então não é um produto que tá acabando”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais