Você sabia?

Sucesso no cinema, Barbie quase virou vilã de novela mexicana nos anos 2000

Fato aconteceu na Televisa em 2001 e envolveu a novela Aventuras en el Tiempo

Publicado em 31/07/2023

De duas semanas para cá, a boneca Barbie voltou a ser o assunto principal na mídia e nas redes sociais em todo o mundo. O motivo é o filme da diretora Greta Gerwig, que estreou nos cinemas trazendo a premiada atriz Margot Robbie na pele do brinquedo favorito das meninas da geração passada.

O que pouca gente talvez saiba é que, muito antes de sonhar em chegar às telonas, Barbie esteve ponto de desbravar outro território da grande mídia: as novelas mexicanas. Isso se deu precisamente em 2001, quando a Televisa decidiu produzir a trama infanto-juvenil Aventuras en el Tiempo (Aventuras no Tempo).

A obra levou a assinatura da produtora executiva Rosy Ocampo – responsável por outras histórias que fizeram sucesso à época entre a audiência mirim, como O Diário de Daniela (1998) e a versão original de Cúmplices de um Resgate (2002).

O diretor Jorge Rodarte posa com Vanessa Guzmán, a quase-Barbie mexicana, nos bastidores das gravações de Aventuras en el Tiempo (Reprodução/Arquivo pessoal)

Os protagonistas eram Belinda (Bem Vindos ao Éden) e Christopher Uckermann, o Diego Bustamante de Rebelde. Eles interpretavam Violeta e Ángel, duas crianças que descobriam uma máquina do tempo na casa do finado avô da garota e passavam a viajar por diferentes épocas, interagindo com personagens históricos e até com figuras do futuro!

Mas, afinal, onde é que Barbie entra nessa história? Pois bem: Rosy Ocampo decidiu transformar a boneca da Mattel nada menos que na antagonista do folhetim. Interpretada por Vanessa Guzmán, Barbie apareceria na história em seu típico carro cor de rosa, como uma patricinha capaz de tudo para separar o principal casal adulto da narrativa, Marcos (Gerardo Murguía) e Flor (Maribel Guardia).

A ideia, porém, teve de ser modificada graças a uma intervenção da própria Mattel. De acordo com o site mexicano Cultura Colectiva, a fabricante de brinquedos não gostou nada de saber que Barbie seria retratada como uma megera sem escrúpulos em Aventuras en el Tiempo.

Vanessa Guzmán como a vilã Faby – que era para ter sido Barbie – em Aventuras en el Tiempo (Divulgação/Televisa)

Na visão do grupo, isso poderia arranhar a imagem da boneca no mercado latino e gerar uma publicidade negativa para o produto, seu carro-chefe há tantos anos. Isso obrigou Rosy Ocampo a retirar as referências a Barbie da história e até mudar o nome de sua antagonista, que passou a se chamar Faby.

O curioso é que, apesar dos ‘retoques’, a personagem de Vanessa Guzmán continuou muitíssimo parecida à versão clássica da boneca em sua caracterização, que incluía roupas descoladas e um cabelo loiro para lá de espalhafatoso.