Simone Spoladore revela que ficou abalada após gravar cena de estupro em série

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma cena forte e impactante para a série Magnífica 70 deixou Simone Spoladore abalada. A atriz, protagonista da produção, precisou gravar uma sequência em que sua personagem é agredida e estuprada.

Embora precisasse se desprender emocionalmente para o trabalho, ela não conseguiu separar ficção da vida real. “Não é possível não se abalar. Não sei separar ficção da realidade”, contou em entrevista ao Notícias da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com Simone, o envolvimento com sua personagem Dora é muito grande, por isso é difícil não ficar chocada com as cenas fortes.

“Eu não soube fazer isso a vida inteira e estou tentando fazer isso agora. Acredito que nós, atores, somos tocados pelas questões dos nossos personagens. A Dora, em especial, foi muito forte para mim, não foi fácil”, revelou.

Todavia, trata-se de uma experiência muito positiva também. “Foi muito lindo, maravilhoso, transformador, rico e criativo. Não foi algo terapêutico, mas foi uma vivência enriquecedora”, assumiu.

Leia mais: “É como uma entidade”, diz Simone Spoladore sobre interpretar musa erótica

Com uma temporada mais dramática e obscura, Magnífica 70 exigiu muito da atriz. As cenas de violência são constantes e mostram o sofrimento da personagem ao se tornar uma escrava sexual de um general do exército.

De acordo com Simone, esse drama da violência contra a mulher é muito comum e, infelizmente, as cenas tem um ar de realidade.

“Todas nós, mulheres, temos algum passado de violência ou escutou uma amiga dizendo alguma história. A violência à mulher é muito presente na nossa vida. Infelizmente é um comportamento muito entranhado na nossa cultura”, pontuou.

Atriz dispensa retorno à TV aberta

O sucesso na série da HBO rende muitos elogios à Simone, que não tem mais contrato com a Record TV. Ela, inclusive, não faz questão de estar sempre em destaque na TV aberta. Vale salientar que, além da emissora paulista, ela também já trabalhou na Globo.

“Eu posso dizer que estou fazendo uma escolha [de estar longe da TV aberta], mas porque eu precisei. Nesse momento eu preciso ter mais tempo para mim. Eu trabalhei muito a vida toda e precisava olhar para a minha vida íntima, e neste momento está sendo uma escolha”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio