Segundo Sol: Valentim resgata Karola do bordel de Laureta

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Valentim (Danilo Mesquita) terá uma atitude surpreendente. Ele vai buscar Karola (Deborah Secco) na casa de prostituição de Laureta (Adriana Esteves). A vilã está desnorteada depois que foi desmascarada. O rapaz ainda nutre um carinho muito forte pela mulher que lhe criou e foi incentivado a procurá-la por Luzia (Giovanna Antonelli), sua mãe verdadeira. Confira.

“Minha casa, meu lar, onde fui tão feliz…”, dirá Karola ao chegar em casa. “Você vai ficar bem aqui? Quer que eu vá comprar alguma coisa?”, perguntará Valentim. “Como assim? Você não vai ficar aqui comigo?”. “Não, só vim lhe trazer, eu não vou mais morar aqui…”. “Não me deixa. Eu não posso ficar sozinha aqui…”. “Calma. Deixa eu preparar um sanduíche pra nós…”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Karola surta e toma banho em praça com moradores de rua, em Segundo Sol, na Globo

“Você já esteve com Luzia? Você já aceitou aquela mulher como sua nova mãe, é isso, Valentim? Você já me trocou por Luzia? Eu, que lhe criei, que lhe amei todos esses anos. Tá certo, já vi que Luzia conseguiu fazer sua cabeça contra mim”. “Você tá enganada, ela deu força pra que eu lhe procurasse, ela entende que eu tenha amor por você”.

Ainda nesta cena de Segundo Sol

“Quer dizer que você ainda me ama?”. “Eu posso amar você, se você me der um tempo pra eu poder respirar, pra eu poder me entender dentro dessa história maluca da minha vida…”. “Luzia é uma assassina, Valentim, matou seu tio, como você pode querer essa mulher em sua vida? Ou ela lhe convenceu que não fez nada, que é uma santa?”.

“Eu hoje tenho minhas dúvidas se ela matou mesmo meu tio”. “Só falta me acusar, dizer que deve ter sido eu!”. “Se eu acreditasse nisso não estaria aqui lhe ajudando”. “Você acha que tá me ajudando me abandonando desse jeito?”. “Eu não tô lhe abandonando, tanto que fui atrás de você. Mas não vou mais cair em chantagem sentimental, mãe, não vou!! Você sempre vai ser minha mãe, apesar de tudo que você fez eu tô conseguindo separar as coisas, não estrague isso também”.

“Então, fique do meu lado, não junto daquela mulher!”. “Deixe de ser ciumenta, possessiva, Karola! Você não diz que vai mudar, que pode mudar?! Você tem tudo pra recomeçar sua vida, faça isso, pelo amor de Deus!”. “Mas você tem que fazer parte dessa nova vida, dessa nova Karola, ou não faz sentido pra mim!”.

“Escute, mãe, eu vou sempre estar presente quando você precisar, mas você tem que me provar que mudou. Você tá com tudo em cima, casa, grana, saúde, vá à luta e mude, prove que você pode ser uma pessoa melhor”. “Fica bem…”. “Não vai, meu ruruzinho, não me deixe…”. “Eu volto”, concluirá Valentim.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio