Retrospectiva 2017: Fracassos de audiência!

Publicado há 3 anos
Por Felipe Gatto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste ano, algumas atrações não agradaram ao público e fizeram a audiência das emissoras despencar, como a última temporada de “A Fazenda”. Em casos mais extremos, tivemos os cancelamentos dos programas “Pânico”, “Legendários” e “Estrelas”. Confira alguns projetos que fracassaram no Ibope neste ano!

Leia mais:
Retrospectivas: Melhores atores do ano!

Retrospectiva 2017: Revelações das novelas

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atração chega ao fim na programação da Band (Divulgação/Band)

“Pânico”

Apesar do seu elenco não comentar sobre o assunto nas últimas gravações deste ano, tudo leva a crer que o programa “Pânico” sairá do ar em 2018. Após vários anos na programação da Band, o humorístico tentou de tudo mas não conseguiu repetir o sucesso já alcançado no passado. Criticado nas redes sociais e desaprovado por vários famosos, o humorístico lançou quadros, colocou novos personagens e caprichou na edição, porém, o Ibope não reagiu e a emissora deve encerrá-lo de vez.

Reality investiu em antigos participantes no confinamento (Divulgação/TV Record)

“A Fazenda – Nova Chance”

Neste ano, a TV Record resolveu apostar na estratégia de colocar um elenco diferente na nova temporada de “A Fazenda”. Chamada de “Nova Chance”, a atração apostou em polêmicos ex-participantes para fisgar os telespectadores. Apesar disso, o público parece não ter aprovado a ideia de ver novamente no ar o médico Marcos Harter, a ex-chacrete Rita Cadillac, a modelo Nicole Bahls, dentre outros, e o programa não mandou bem nem na audiência e nem na repercussão.

Clássico do humor não emplaca com versão repaginada (Divulgação/TV Globo)

“Os Trapalhões”

A Globo bem que tentou mas a nova versão de um dos seus mais clássicos programas de comédia, “Os Trapalhões”, não emplacou e foi duramente criticada por muitos internautas nas redes sociais. Apesar de contar com um elenco jovem, o canal também colocou os veteranos Didi e Dedé Santana nas esquetes do programa, porém, o público não se divertiu e uma segunda temporada da atração ainda está sendo estudada pela emissora.

Semanal de Angélica naufragou no Ibope (Divulgação/TV Globo)

“Estrelas”

Há anos no ar, o semanal “Estrelas” não fará mais parte da programação da Globo em 2018. Nos últimos meses, a direção da casa tentou fazer a apresentadora Angélica viajar pelo Brasil e investir em reportagens com famosos fazendo trabalhos voluntários. Mesmo assim, a audiência não reagiu e a atração chegou ao fim. A outra empreitada de Angélica na emissora, a volta do quadro “Vídeo Game”, também não decolou no vespertino “Vídeo Show”.

Versão de reality de sucesso mundial não agrada no Brasil (Divulgação/Band)

“X-Factor Brasil”

Sucesso em diversos países, o reality musical “X Factor” ganhou uma versão brasileira que decepcionou a crítica e os telespectadores que até tentaram acompanhar a busca de um novo ídolo pop. Com a apresentação da ex-global Fernanda Paes Leme, a Band investiu em um time de jurados insossos e em candidatos que estavam longe de surpreender. Como resultado, baixos índices no Ibope.

Novela medieval derruba números da Record (Divulgação/TV Record)

“Belaventura”

Para dar um leve respiro nos telespectadores que só acompanhavam tramas bíblicas há um bom tempo, a Record tentou emplacar um folhetim medieval com toques de conto de fadas. Apesar disso, os números seguem em baixa e “Belaventura” tem tudo para entrar no ranking das novelas menos assistidas pelo público do canal do bispo Edir Macedo.

Programa de Marcos Mion acaba depois de vários anos (Divulgação/TV Record)

“Legendários”

Após 8 anos de exibição, a Record cancelou o programa “Legendários” no final de 2017. Sob o comando do ator e apresentador Marcos Mion, a atração semanal não fazia feio no Ibope mas também já não surpreendia mais a alta cúpula da emissora. O famoso continua como contratado e deverá ser aproveitado em outros projetos da casa.

Resultados de série com Tony Ramos e Mônica Iozzi não foram satisfatórios (Divulgação/TV Globo)

“Vade Retro”

A Globo apostou na atriz e comediante Mônica Iozzi como protagonista de “Vade Retro”, uma série de humor negro que foi exibida em 11 episódios. Com Tony Ramos no papel de um demônio, a trama tentou divertir e até assustar, mas amargou baixos índices de audiência e não conseguiu se destacar dentro da programação do canal.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio