Público acusa Jornal Nacional de “minimizar” matéria contra Jair Bolsonaro

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Jornal Nacional entrou para a lista dos assuntos mais comentados no Twitter na noite desta quinta (18).

Das mais de 17 mil menções, grande parte acusava o JN de “minimizar” uma matéria contra Jair Bolsonaro divulgada pelo jornal Folha de São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com a publicação, empresários bancaram a compra de distribuição de mensagens falsas contra o PT, partido rival do candidato do PSL à Presidência da República.

Por meio do WhatsApp, empresas disparavam milhões de notícias em massa, em pacotes que chegam a um valor de 12 milhões de reais.

Tal prática, segundo especialistas, pode ser considerada doação de empresas por meio de serviços, fato proibido pela legislação eleitoral, bem como “caixa 2” caso não declarada.

Leia mais: Bolsonaro comete gafe no Jornal Nacional e a web comenta

O caso tomou forma quando o candidato Fernando Haddad revelou que iria à Justiça Eleitoral para que o órgão tome as devidas providências.

Segundo o petista, a prática configura “caixa 2, crime eleitoral e um atentado contra a democracia”.

Por outro lado, o PSL nega as informações e diz que os rivais estão desesperados por estarem em segundo lugar nas pesquisas.

Leia mais: Com entrevista de Bolsonaro, Jornal Nacional se torna o programa de TV mais comentado do mundo no Twitter

Jornal Nacional dá pouco destaque para o assunto

Embora a notícia divulgada pelo jornal paulista tenha sido comentada em praticamente todas as redes sociais, o Jornal Nacional não deu tanto destaque para o assunto.

Muitos internautas reclamam que o programa minimizou a pauta, fazendo apenas uma menção enquanto falava sobre a agenda do dia de Bolsonaro.

De fato, o tema não estava entre as notícias mais impactantes mostradas no início do jornalístico.

Entretanto, a notícia foi citada após a informação de que ele está liberado pelos médicos para participar dos debates.

O público, claro, se atentou ao “pouco destaque” à pauta e deixou o Jornal Nacional entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Veja algumas reclamações dos internautas:

https://twitter.com/PescotapaDiario/status/1053097132226461696

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio