Relembre a história de Por Amor, novela que chega ao Vale a Pena Ver de Novo

Publicado há 2 anos
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira, dia 29 de abril, Por Amor entra em cartaz no Vale a Pena Ver de Novo. A novela de Manoel Carlos foi originalmente exibida entre outubro de 1997 e maio de 1998. Só para ilustrar, já figurou na faixa vespertina entre julho de 2002 e janeiro de 2003. Além disso, o Canal Viva a reapresentou em duas ocasiões nesse ínterim. A saber, em 2010 e em 2017. Mesmo assim a história de Helena (Regina Duarte), que faz qualquer coisa para tornar a filha Maria Eduarda (Gabriela Duarte) feliz e salvo das mazelas do mundo, ainda parece ter potencial para comover os espectadores e conquistar boa audiência. Haja vista a boa receptividade que sua nova reprise tem tido nas redes sociais, por exemplo. Vamos relembrar a trama da novela.

O início de Por Amor

A máxima geral que permeia as atitudes dos personagens da novela é a seguinte: “O que você seria capaz de fazer por amor?”. Conhecemos algumas das figuras centrais de Por Amor em Veneza, na Itália, onde Helena e Eduarda estão por motivos opostos. Enquanto a primeira quer esquecer um namoro fracassado, a segunda está a poucos dias de se casar com Marcelo (Fábio Assunção). Nessa viagem, Helena conhece o charmoso e galanteador Atílio Novelli (Antonio Fagundes). Arquiteto, ele trabalha na empresa de empreendimentos imobiliários de Arnaldo (Carlos Eduardo Dolabella). Este é casado com Branca Letícia (Susana Vieira), namorada de Atílio na juventude que não o esquecera. Arnaldo e Branca são os pais de Marcelo, além de terem também Milena (Carolina Ferraz) e Leonardo (Murilo Benício).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Helena e Atílio voltam de viagem completamente apaixonados. Ele precisa então colocar fim em seu relacionamento com a colega de trabalho Isabel (Cássia Kiss), além de ver novos meios de lidar com o assédio constante de Branca. Por sua vez, Eduarda enfrenta a forte concorrência de Laura (Vivianne Pasmanter), ex-namorada obcecada por Marcelo. Ademais, por onde o rapaz passa deixa as mulheres suspirando, inclusive as funcionárias da empresa. Tanto Marcelo e Eduarda quanto Atílio e Helena se casam. As duas engravidam na mesma época e seguem para a maternidade juntas na hora de dar à luz. Com efeito, é aí que acontece algo surpreendente.

A troca dos bebês em Por Amor

O filho de Eduarda morre, enquanto o de Helena nasce forte e sadio. Além disso, a moça perde o útero e nunca mais poderá engravidar. Valendo-se do amor que o médico César (Marcelo Serrado) sente por Eduarda, do fato de ter pago os estudos do rapaz e da intenção de dar à filha a oportunidade que ela já teve, Helena obriga o rapaz a trocar as crianças. Assim, todos acreditam que foi o filho de Helena que nasceu morto. Batizado como Marcelinho, ele faz a alegria de todos. A mãe verdadeira pode acompanhar o filho, que para todos os efeitos é seu neto.

Mas Atílio, que enfim seria pai, não lida bem com a perda do filho. Seu casamento com Helena degringola e ele inclusive cede às investidas de Flávia (Maria Zilda Bethlem), sócia da mulher num ateliê de decoração. Além disso, Helena tem que amamentar o filho-neto, já que Eduarda não tem leite suficiente. E César vive uma crise de consciência que se agiganta, atrapalhando sua vida profissional e seu relacionamento com Anita (Flávia Bonato). Ela o ama verdadeiramente, mas sofre com a sombra representada por Eduarda na vida do namorado.

O diário de Helena a desmascara diante de Eduarda

Helena mantém o hábito de escrever num diário. É no caderno
pessoal que ela desabafa sobre seus sentimentos e o que ocorre em sua vida.
Claro que a história da troca dos bebês está narrada ali. Ao ter a
oportunidade, um dia Eduarda termina por ler as anotações da mãe. E assim
descobre toda a verdade: Marcelinho é seu irmão, não seu filho.

Eduarda confronta a mãe e ouve suas explicações.
Posteriormente, Atílio fica sabendo de tudo, pela própria Helena. Entre
enfurecido e decepcionado, ele decide viajar para o exterior. Ao ouvir de
Helena que tudo foi feito por amor, Atílio diz a ela um texto emblemático e
muito sentido: “Você não sabe amar. Mas pode aprender”. O final da história
deixa em aberto se Helena e Atílio voltarão a viver juntos e se ele poderá
perdoá-la. Todavia, o passeio dos cinco – além do casal, Eduarda, Marcelo e
Marcelinho – no Jardim Botânico do Rio de Janeiro demonstra que tudo deve se
acertar. Os muitos erros foram cometidos por amor.

Mais excessos cometidos por amor e pela família

Uma das personagens mais lembradas de Por Amor é a egoísta e cruel Branca Letícia de Barros Motta. Sua predileção por Marcelo em detrimento dos outros filhos chega a chocar. Isso ocorre em virtude de sua crença no fato de que o primogênito é filho de Atílio, seu grande amor. Logo, Milena e Leonardo ficam desde sempre com as sobras. O caçula é espezinhado tanto quanto possível, e se sente inferior a Marcelo. Seu amor por Laura, que só tem olhos para seu irmão, é apenas uma das derrotas que Leonardo precisa enfrentar. No decorrer da novela ele passa a ser menos introvertido, conhece um amor correspondido por Catarina (Carolina Dieckmann) e descobre que na verdade ele, e não Marcelo, é que é filho de Atílio. Não deixa de ser um consolo para o arquiteto, que até ali supõe que o bebê que teve com Helena havia morrido.

Milena e Nando e a oposição de Branca ao romance

Branca tem verdadeira aversão ao relacionamento de Milena com o piloto de helicóptero Nando (Eduardo Moscovis). O rapaz é filho da cabeleireira Lídia (Regina Braga), segunda mulher de Orestes (Paulo José), o ex-marido de Helena e pai de Eduarda. Esta o rejeita porque sente vergonha, já que Orestes é alcoólatra. Branca chega ao extremo de pagar Fausto (José Carlos Sanches), colega de trabalho de Nando, para plantar drogas nos pertences do jovem e com isso fazê-lo ir preso. Enquanto sonha com a reconquista de Atílio, tenta dominar a vida dos filhos, paparica Marcelo, atazana Eduarda e humilha a empregada Zilá (Stella Maria Rodrigues), Branca se volta contra Isabel, que se torna amante de Arnaldo, a quem apelida de “Tigrão”. Gritaria, barracos, insultos e ameaças de morte com golpes de tesoura recheiam as cenas de Branca, entre frases ferinas e doses de dry-martini.

Laura, a que se recusa a aceitar o fim de um relacionamento

Laura não aceita que Marcelo não a quer mais. Ademais, ele
rejeitá-la para se casar com uma moça como Eduarda a revolta mais ainda. Filha
de Meg (Françoise Forton) e Trajano (Ricardo Petraglia), Laura tumultua o
casamento do amado com Eduarda até dizer chega. E consegue até mesmo engravidar
dele, ao se aproveitar de uma ocasião em que ele se embebeda e fica vulnerável.
Posteriormente, ela passa a telefonar para Eduarda e colocar na linha o som de
uma música de ninar, em alusão ao fato de que, enquanto com a esposa Marcelo
nunca mais poderá ter filhos, com ela terá dois de uma tacada só – e quantos
mais queira…

Casamentos aparentemente perfeitos que terminam em Por Amor

Catarina, a moça com quem Léo conhece o que é amor de
verdade, é filha de Sirleia (Vera Holtz) e Nestor (Marco Ricca), vizinhos de
Helena. Os dois se conheceram no interior de São Paulo, quando Nestor ainda era
adolescente e Sirleia venceu um concurso de beleza. Acabaram se casando e tendo
a filha. No entanto, passados cerca de 20 anos, a diferença de idade fala alto
e Sirleia descobre que Nestor tem outra família. Sua outra mulher, Sílvia (Mônica
Fraga), é bem mais jovem e muito bonita, e ele tem um filho, chamado
Nestorzinho (Leonardo Lemos). Apesar de magoada pela traição, Sirleia termina
por perdoar Nestor. Mais ainda: passa a criar Nestorzinho, após Sílvia ir
embora e deixar o garoto aos cuidados do pai.

Outro casal que enfrenta problemas conjugais no decorrer de Por Amor é o formado por Virgínia (Ângela Vieira) e Rafael (Odilon Wagner). Irmã de Helena, ela é feliz com o marido e tem dois filhos: Rodrigo (Ângelo Paes Leme) e Juliana (Larissa Queiroz). Do tipo de mulher que baseia a vida num casamento sólido, Virgínia se surpreende com a revelação de que Rafael é bissexual. Ele deixa a família e vai viver com Alex (Beto Nasci).

Durante a primeira semana, Por Amor dividirá o Vale a Pena Ver de Novo com a última semana de Cordel Encantado. No entanto, o horário desde sempre será a faixa das 17h, na qual a novela permanecerá ao passar a ir ao ar sozinha a partir do dia 6 de maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio