Pega Pega: Após ser vítima de preconceito, Dom é detido

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após um jantar na casa de Madalena (Virgínia Rosa), onde Dom (David Junior) pega roupas emprestadas de Dílson (Ícaro Silva) — as suas molham com a chuva — os irmãos saem juntos da casa de Madá para darem uma volta. Um policial, ao ver a dupla parada ao lado de um carro de luxo, desconfia da situação e faz uma revista. Não acreditando na situação, afinal, o carro é do próprio Dom, o empresário reclama da conduta dos policiais e Dílson o tranquiliza: “É assim mesmo, irmão. Fica calmo”.

Tudo estaria resolvido se Dom não tivesse esquecido os documentos na casa de Madalena. Mas os policiais não aceitam aguardar e o levam, na viatura, para a delegacia. Dílson corre em casa e pega a carteira com os documentos, enquanto conta para a mãe o que aconteceu. “Tinha que ver a grosseria dos policiais, mãe. Eu, que vira e mexe sou parado nesse lance, não me acostumo com essas paradas. Imagina o Dom? Ele ficou bolado!”. Madalena liga para Cristóvão (Milton Gonçalves) e conta o que aconteceu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na delegacia do bairro, Dom não foi encontrado. A preocupação dos familiares aumenta, por não saberem para onde o filho de Sabine (Irene Ravache) foi levado. Chegando à delegacia, Dom é encaminhado para uma cela onde há vários presos e tenta esclarecer — em vão — a confusão. Enquanto isso, Dílson e Cristóvão vão até o Carioca Palace pedir ajuda a Eric (Mateus Solano). Domênico (Marcos Veras) localiza Dom a pedido de Eric, que se assusta com a situação: “Dom estava perto do carro dele, importado. Os policiais chegaram… é tão absurdo!”. E Domênico conclui: “Não acreditaram que o carro era dele, lamentável”.

Dom é liberado da cela por Domênico, que se compadece com a situação do empresário. “Isso tudo foi uma loucura, uma arbitrariedade. Nunca tinha passado por uma situação tão constrangedora”, conta Dom, indignado. Já na recepção da delegacia, Eric, Cristóvão e Dílson o aguardam, acompanhados de Antônia (Vanessa Giácomo), que o aconselha a não sair mais sem os documentos. Dom, então, pergunta a Dílson se é normal isso acontecer com o irmão. “Não sempre, mas acontece muito. Principalmente com gente da nossa cor”, conta, o deixando ainda mais chocado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais