“Passei da fase de gostosona”, dispara Valesca Popozuda

Funkeira concedeu entrevista ao Luciana by Night

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das maiores representantes do funk carioca no país, Valesca Popozuda foi a convidada do Luciana By Night desta terça (8).

Aos 42 anos, a eterna musa do hit Beijinho no Ombro compartilhou que a relação com o seu corpo foi mudando ao passar dos anos. “Engordei 10kg durante a pandemia, e tudo bem, sabe? Já passei daquela fase de querer ser a gostosona, a marombada. Hoje me preocupo com a minha saúde”, afirmou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de encarar o assunto com mais leveza hoje em dia, Valesca já fez cirurgia plástica para alcançar padrões estéticos e poder estampar uma matéria de revista em 2015.

Fiz uma lipoescultura nas coxas. Queriam muito que eu fizesse a capa, mas disseram que eu não tinha o perfil, que precisava afinar minhas pernas”, recordou, mencionando as dificuldades no pós-operatório.

Necrosou, deu fibrose, senti muitas dores e precisei de drenagens. Sofri bastante, entrei em depressão e me calei. Depois, no meu livro, decidi que era a hora de falar a respeito”, expôs ela, que lançou a obra Sou Dessas: Pronta Para o Combate no ano seguinte ao acontecimento.

Mamãe coruja

Mãe do também funkeiro MC Pablinho, Valesca Popozuda confidenciou as dificuldades enfrentadas na gravidez, aos 20 anos.

Passou um filme louco na minha cabeça e achei que não daria conta, que não daria certo e cogitei até tirá-lo, pensei que passaria pelas mesmas coisas que vi minha mãe passar lá atrás. Não queria isso para minha vida. Só que Deus é maior e deu tudo certo. Hoje ele é meu companheiro, é minha vida”, conclui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio