Otaviano Costa realiza passeio radical com esquadrilha da fumaça no Tá Brincando

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Tá Brincando do sábado (09), traz desafios para todos os gostos, da música à esquadrilha da fumaça. Apresentado por Otaviano Costa, o programa começa logo após o Sai de Baixo, na Globo.

Veja também: Salvador ganha 1º time de futebol gay; Conheça o Dendê Futebol Club

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Otaviano Costa encara mais uma aventura no quadro Os Impressionantes. É numa tranquila pracinha que o apresentador conhece Carlos Gonzaga, que está acompanhado de suas netas. Mas o que será que esse vovô de 76 anos faz de impressionante?

Ele é piloto da Esquadrilha Céu, e convida Otaviano para um passeio radical com direito a manobras incríveis.

No palco, Otaviano recebe um Super Time composto por nomes do esporte e da música: Patrícia Medrado (62 anos), jogadora de tênis; Max Pierre (70 anos), produtor musical; Bernard (61 anos), craque do vôlei; Waldemar Trombetta (64 anos), atleta de remo; e Servílio de Oliveira (70 anos), pugilista.

Eles são desafiados pelos amigos Bruno Barbosa (25 anos) e Thainá Pereira (23 anos), que já chegam mostrando habilidade na dança. Foi numa academia do gênero que os dois se conheceram e descobriram que fazem aniversário no mesmo dia.

O jogo

O primeiro a disputar com o Super Time é Bruno, que encara Patrícia na prova Raquetada. Os jogadores precisam derrubar com raquete e bola de tênis placas que se movimentam no palco no tempo de 45 segundos. Logo depois, Thainá enfrenta Max Pierre, um dos principais produtores musicais do país. Ele tem no currículo a produção de mais de 100 nomes da música.

O quiz musical Solta o Som é muito divertido, mas também difícil. Os dois têm que acertar os artistas que estão cantando as faixas que são apresentadas no tempo de um minuto. Quem acabar o tempo primeiro, perde.

Para finalizar o game no palco, Bruno é convocado novamente. Desta vez, ele encara Servílio, que conta que se inspirou em Éder Jofre para seguir a carreira como pugilista. O rapaz diz para o desafiante não se iludir com seus cabelos brancos. Bruno e Servílio precisam mostrar a potência de seus golpes na prova Bom de Boxe. Quem será que leva a melhor?

O Tá Brincando tem direção geral assinada por Adriano Ricco. Já a redação final fica por conta de Raquel Affonso.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio