Orgulho e Paixão: Petúlia perde fotos que mostram Kléber armando para Elisabeta

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Petúlia (Grace Gianoukas) e Susana (Alessandra Negrini) estavam preparadas para chantagear Margareth (Natália do Vale) e Kléber (Carlos Betão). Mas os planos terão que ser adiados por um probleminha: a empregada perdeu as fotos que mostram o delegado plantando provas contra Elisabeta (Nathalia Dill). Confira.

“Petúlia!”, chamará Susana. “Que susto, madama! Veja, não estou usando nadinha da senhora, nem um grampo sequer. E olha que tem um par de brincos verdes que cairia tão bem com essa roupa…”, responderá Petúlia. “Adoraria continuar essa conversa, mas infelizmente tenho uma chantagem a fazer. O delegado Kleber não acreditou que temos fotos comprometedoras dele, vai ser preciso mostra-las ao desgraçado São Tomé. Anda, vai buscar!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Camilo se emociona ao saber que Jane está grávida, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Agora fiquei confusa. Madama está falando das provas que incriminam Elisabeta… ou das provas que incriminam Kleber por incriminar Elisabeta?”, questionará. “Criatura estúpida! Não são as provas contra Kleber que você guarda?”. “Ah, sim, e com muita competência, sou muito astuta para qualquer tipo de ocultação…”. Neste instante, ela perceberá que as provas desapareceram.

Provas desapareceram

“Que isso, quer me matar do coração?”, questionará Susana. “É madama que vai me matar! As provas contra o delegado sumiram!”, revelará. “Inútil, dispensável, desnecessária, prescindível, supérflua!”, xingará a vilã. “Madama é um dicionário de xingamentos, vou até anotar os mais eruditos pra usar contra Olegário assim que o vir! Só ele entra nesse quarto, é o único que pode ter roubado as provas contra o delegado!”.

Veja também: Li Martins esquece letra de música durante show do Rouge

“Como pôde guardá-las na toca da raposa, barata tonta, sob o nariz do desgovernado que decidiu ir pro céu fazendo da minha vida um inferno?”. “Madama, concordo com tudo, mas não acha que devíamos parar de perder tempo e correr atrás de Olegário, antes que ele entregue as provas a Elisabeta no Vale?”. “Pois pare de falar e providencie, lesma lerda!”. “Um amigo pode emprestar o carro dele mediante bons argumentos, é questão de meia hora…”, concluirá Petúlia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio