O Tempo Não Para: Marino revela a Carmen que Lúcio destruiu a Samvita 

Publicado há 2 anos
Por Clara Ribeiro
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Marino (Marcos Pasquim), que estará dentro do prédio da Samvita, interditado por tapumes, ligará para Carmen (Christiane Torloni) e revelará à ex-companheira que Lúcio (João Baldasserini) irá demolir a empresa no amanhecer do dia.

Leia mais: O Tempo Não Para: Betina pretende se afastar de Lúcio

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Carmen… Eu acabei de ouvir… Eles vão implodir o prédio da Samvita!… Amanhã de manhã!”, acrescentará Marino. Carmen ficará em pânico com a notícia em questão, já que foi ela, ao lado de seu filho, Samuca (Nicolas Prattes), que fundaram a empresa sustentável de grande sucesso no Brasil e no mundo e que agora chega ao seu fim.

“O quê, Marino?… É isso mesmo?… Então eles vão implodir o prédio da Samvita?… Que horror!Sabino… Fala aqui com o Marino…”, acrescentará Carmen, que entregará o telefone para Dom Sabino (Edson Celulari), já que ela ficará abalada com a notícia.

“Alô, sr. Marino… Por que ligou para a minha companheira?… Como?… Não pode ser!… Homessa!”, concluirá Dom Sabino, ao descobrir da boca de Marino, que o irmão do bacharel Emilio (João Baldasserini), destruirá a Samvita. Dom Sabino desligará o telefone, e seguirá para a padaria de Elmo (Felipe Simas), com o seu clã.

Leia mais: O Tempo Não Para: Samvita tem seu fim anunciado

Reviravolta

Carmen dirá à Marocas (Juliana Paiva) que Lúcio demolirá a Samvita no amanhecer do dia. “O senhor Marino foi muito claro ao telefone… Ele ouviu a Mariacarla e o Lúcio falando que vão colocar a Samvita no chão amanhã de manhã”, acrescentará a empresária.

“Mas isso é uma crueldade”, concluirá a esposa de Samuel. Carmen perguntará ao filho, se tem alguma possibilidade de não deixar a empresa ser demolida por Lúcio. “Não temos como impedir que ele mande derrubar o prédio?”, indagará Carmen.

“Não… O prédio agora pertence ao Banco Cap Martin… que é do Lúcio”, acrescentará Samuca, já de saída, que irá confrontar o próprio pai, Livaldo (Nelson Freitas), já que foi o malandro que começou tudo isso, ao processar o próprio filho.

“Isso é um horror!”, acrescentará Marocas. Dom Sabino tentará motivar os seus. “Homessa!… Isso não ficará assim!… Haveremos de nos reerguer!”, finalizará o homem do século retrasado, com uma ideia na cabeça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio