O Tempo Não Para: Mariacarla se mantém como interventora da Samvita: “Não adianta espernear, Samuca”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) tentará tirar o poder de Mariacarla (Regiane Alves) dentro de sua empresa, já que ela conseguiu ser a interventora da Samvita, que passa por uma recuperação judicial.

“Todos concordam em pedir à Justiça pra que a doutora Mariacarla seja rapidamente substituída… Só espero que isso dê certo.”, relatará a presidente do conselho da Samvita.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: O Tempo Não Para: Lua de mel de Samuca e Marocas movimenta redes sociais

“É o nosso recomeço!… Mesmo que eu continue afastado, fico aliviado em ver que o meu legado e o da minha mãe, e de todos que trabalharam aqui, tá preservado…”, dirá Samuca, prestes a tirar a loira do comando da empresa.

O que ele não sabe é que Mariacarla será nomeada interventora substituta pelo Juiz responsável pela intervenção na Samvita, que em caso de troca da titular, ela será a substituta.

Leia mais: O Tempo Não Para: Marocas levará um tiro para salvar seu pai

“O Conselho votou por unanimidade pela sua substituição como administradora da recuperação da empresa, Mariacarla… Nós vamos recorrer da decisão da justiça, Mariacarla”, dirá Samuel.

“Sinto informar que o voto de vocês não vale de nada. Esse Conselho não existe mais!… Está fechado!… Acabou!”, acrescentará a loira, deixando Samuca irritado.

Leia mais: O Tempo Não Para: Samuca fica surpreso ao ser processado pela Samvita: “Por essa eu não esperava”

Poderosa!

Vanda (Lucy Ramos) perguntará à Mariacarla qual será o seu grande trunfo. A loira não se esquivará da pergunta da advogada.

“Com o meu poder total e absoluto. Eu tenho o respaldo do Juiz… que acaba de me nomear interventora substitutiva. Você sabe o que é isso, não é, Vanda? Em caso de obstrução da justiça por parte dos integrantes da empresa, a intervenção, que era cogestora… passa a ser substitutiva. Ou seja… a partir de agora, graças à não-cooperação de vocês, eu tenho o controle administrativo completo”, concluirá Mariacarla, se achando a toda poderosa.

“Não dá pra acreditar”, acrescentará Samuel. “Não adianta espernear, Samuca… Tudo continua na minha mão”, finalizará Mariacarla, deixando o rapaz arrasado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio