O Tempo Não Para: Lúcio pede para Mariacarla abrir o olho em relação aos passos de Samuca

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Lúcio (João Baldasserini) pedirá a Mariacarla (Regiane Alves), que ela fique de olhos bem abertos em relação a Samuca (Nicolas Prattes), afinal, ele pretende reerguer a Samvita. Vale ressaltar, que a empresa  passa por uma recuperação judicial. “Você não tá tranquila demais, Mariacarla?”, perguntará Lúcio a Mariacarla. “Não há com o que se preocupar, Lúcio”, acrescentará a loira, se achando. O irmão gêmeo de Emílio (João Baldasserini), pedirá a advogada que fique por dentro de tudo o que está acontecendo na empresa sustentável. Entretanto, ela dirá que está tudo sob controle. “Você não devia estar na Samvita? Atenta a tudo que acontece por lá? Confiança em demasia é o caminho certo para o fracasso”, concluirá o banqueiro. A loira ficará desconfiada em relação aos questionamentos de Lúcio.

Leia também: Cecílio pede Paulina em casamento: “Claro que eu aceito!”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sem confiança…

Mariacarla explicará ao patrão, que a Samvita está em sua mão. “Digamos que eu mexi as peças certas no tabuleiro… A Samvita tá completamente na minha mão”, concluirá a loira logo depois. “Tudo como a gente planejou”, acrescentará Lúcio, que é a mente por trás de Mariacarla. “Só o que sobrou naquele lugar foi medo… e fraqueza”, acrescentará a interventora da Samvita, se referindo a demissão em massa, que ela mesma ocasionou. “E o Livaldo?”, perguntará Lúcio. “Já cuidei dele também… Aquele lá não vai aprontar mais nenhuma”, completará Mariacarla, que pediu ao malandro para se afastar dela. “Assim espero… Para o bem dele”, finalizará Lúcio, já de saída.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio