O Sétimo Guardião: Valentina manda Marilda para São Paulo de helicóptero

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Marilda (Letícia Spiller) vai ser despachada para São Paulo, por Valentina (Lilia Cabral). A empresária liberará sua casa na capital paulista para que a irmã tire umas férias de Eurico (Dan Stulbach). A primeira-dama não terá nem tempo de respirar e já será colocada no helicóptero. Confira.

“A vida é sua, a casa é sua, o marido é seu, você é quem sabe…”, falará Valentina. “Exatamente. E eu decidi voltar pra junto da minha família. Ondina me garantiu que não aconteceu nada entre os dois…”, rebaterá Marilda. “Eu acho que você se precipitou”. “Acha?”. “Se perdoar o seu marido tão depressa ele vai perder o pouco respeito que ainda tem por você”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Mas vou perdoar do quê, se ele não fez nada?”. “Mas você fez! Tomou uma atitude. Mostrou que é uma mulher empoderada. Tudo bem, se acreditar na palavra da outra, então o Eurico não fez nada. Mas se voltar atrás tão rápido ele vai achar que pode fazer, sim! Pois a idiota da mulher vai sempre perdoar e aceitar ele de volta. Fique mais um tempo longe dele…”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“De que maneira? Sua casa é logo ali! Se Eurico quiser me ver basta caminhar duas quadras”. “Isso se resolve facilmente, minha querida”. “Como, me diz?”. “Você vai para São Paulo! Tenho uma casa de hóspedes ótima! Fica lá uns dias. Marcos Paulo está lá e te faz companhia. E eu ainda providencio pra que tenha todas as mordomias: vai aos desfiles de moda, usa meu cartão de crédito ultraexclusivo…”.

“Mas… Mas…”. “Nem mas, nem meio mas. Suas coisas ainda estão lá em casa?”, indagará Valentina. “Sim”. “Ótimo! Você vai viajar daqui a pouco “. “Não sei se o Júnior vai poder me levar no carro dele”. “Mas que carro, criatura, joga no lixo esse teu espírito de pobre, diz pra si mesma: ‘eu sou linda e milionária!’ Porque você vai pra São Paulo, sim… Mas é de helicóptero!”.

“De qualquer modo, tenho que avisar o Eurico…”. “Eu mesma falo com ele depois da sua partida”. “E quando vai ser isso?”. “Agora mesmo… Já!”. Neste momento, a cena será cortada para o orelhódromo. “Nunca nem entrei numa geringonça dessas… Imagina voar. Qual é a sensação?”.

“A mesma de andar numa montanha russa, a dois mil quilômetros por hora, no meio de uma severa turbulência, daquelas que chacoalham até os ossinhos do pescoço… Você vai amar!”, concluirá Valentina, colocando a irmã no helicóptero.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio