O Sétimo Guardião: Valentina descobre que irmandade se reuniu no casarão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Valentina (Lilia Cabral) vai obter uma informação valiosa, nos próximos capítulos. Ela descobrirá que existe uma irmandade em Serro Azul. Quem confirmará tudo é Sampaio (Marcello Novaes), que viu um grupo de pessoas saindo do casarão. “Pra onde a gente vai, madame?”, indagará o capanga, iniciando a conversa.

“Pra casa da minha irmã”, responderá. “Antes, se me permite…”. “Sampaio, vou dar uma de cunhada caridosa agora e tenho o dia cheio. Para não me atrasar, você poderia se limitar às suas funções?”. “É que tem uma coisa que não me sai da cabeça”. “Além de terapeuta de casal, virei analista…”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Ontem, quando eu estava de tocaia na porta do casarão à espera do gato, um pessoal saiu lá de dentro”. “Que pessoal?”. “A cafetina, a cartomante, o delegado, o médico, o mendigo e o seu cunhado”. “Meu Deus, uma verdadeira trupe circense!”. “E pareciam todos muito preocupados. O que será que estavam fazendo na casa do defunto?!”. “Boa pergunta…”, concluirá Valentina, curiosa.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Feliciano (Leopoldo Pacheco) se convenceu mesmo de que não existe passagem secreta para a fonte milagrosa. Para ele, o que existe é um buraco sem saída que confundiu tanto Judith (Isabela Garcia) quanto Milu (Zezé Polessa). O que ele nem imagina é que Sampaio (Marcello Novaes) fechou provisoriamente o túnel. Confira.

“O que foi que aconteceu agora, Feliciano?”, perguntará Ondina. “Calma que a notícia é boa…”, responderá Feliciano. “Então, desembucha logo”. “Não existe outro acesso à fonte! Eu e a Milu fomos com Judith até lá. A tal passagem que ela encontrou vai dar numa parede de pedras, que deve estar lá faz séculos”, explicará.

“Que alívio! Sendo assim, não temos mais motivos para adiar a conversa com Gabriel…”, avaliará a dona do cabaré. “Só precisamos avisar os outros e convocar o rapaz para conversar com todos”, ponderará Feliciano. “Vamos fazer isso logo”, concluirá Ondina, ansiosa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio