O Sétimo Guardião: Luz sai para encontrar Júnior e Gabriel se diz desconfiado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Luz (Marina Ruy Barbosa) está sendo pressionada por Júnior (José Loreto). Ele quer passar mais tempo com ela e, então, está praticamente obrigando-a a trabalhar na nova biblioteca de Serro Azul. Ele se tornou recentemente secretário de Educação e Cultura. Depois de resistir e conversar com seus amigos, a protagonista dirá que vai resolver as coisas com ele. Confira.

“Estou indo resolver as coisas com Júnior”, dirá Luz, iniciando a conversa. “Tem certeza do que vai fazer, amor?”, perguntará Gabriel (Bruno Gagliasso). “Você não disse que confia em mim, Gabriel?”. “Não confio é nele, você sabe”. “Nosso amor é maior do que isso tudo. Ela dá um breve e acalentador beijo de despedida, e sai”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Tchau, vô”. “Está indo aonde, Luz da Lua?”, perguntará Sóstenes (Marcos Caruso). “Vou atrás do Júnior”. “Afinal, o que você decidiu? Vai se demitir ou vai jogar o jogo dele?”. “É justamente este assunto que vou resolver. Cadê meu abraço de boa sorte?”, concluirá a protagonista.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Luz (Marina Ruy Barbosa) recebeu uma proposta para trabalhar na nova biblioteca de Serro Azul. No entanto, esse é um artifício de Júnior (José Loreto), que é o secretário de Educação e Cultura e quer tê-la por perto. Apesar de recusar a oferta em um primeiro momento, após uma conversa com Sóstenes (Marcos Caruso), ela prometerá pensar sobre o tema. Confira.

“Não vou aguentar isso, vô! Ficar com o Júnior colado no meu cangote, me sufocando, na casa que é, por direito, do Gabriel, não dá!”, afirmará Luz. “Se está assim por causa do Gabriel, estou certo que ele tem maturidade pra entender a situação e te dar todo apoio”, rebaterá Sóstenes. “Não é só por causa dele. É por mim. Isso é um abuso, vô! A ideia da biblioteca é ótima, o problema é que não é nas pessoas de Serro Azul que Júnior está pensando…”, explicará.

“Meu conselho é que não se precipite, não peça exoneração. Aceite o desafio. Afinal, você adora os livros!”. “Isso é só pretexto, é a isca que o Júnior inventou para tentar me capturar”. “E acaso você é mulher de se deixar apanhar? Cabe a você colocar o Júnior no seu devido lugar, impondo seus limites”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio