O Sétimo Guardião: Gabriel se mostra confiante para impedir desapropriação do casarão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Gabriel (Bruno Gagliasso) está bastante seguro quando se trata do casarão. Ele já tem advogado e aguarda pela impugnação da desapropriação do local, que é seu por herança. Mas o seu desejo vai de encontro com os interesses de Valentina (Lilia Cabral), que quer comercializar a água milagrosa, que existe no local. Confira.

“Me fala! Quais são as novidades do Patrício?”, pedirá Luz. “Ele já entrou com a liminar no tribunal de Greenville para impugnar o ato do prefeito de desapropriação do casarão”, dirá Gabriel. “Não sei nada de juridiquês mas isto soa bem”, reagirá a protagonista. “Em outras palavras, Luz: a prefeitura vai ser notificada. Aí, até que tudo se resolva, não tem desapropriação nem biblioteca pra ninguém!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentina se abala e chora após brigar com Gabriel, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Eles ficam impedidos de fazer qualquer coisa na casa do seu pai até o juiz decidir, é isso?”. “Exato! Então, até lá, deixa o Júnior continuar achando que vai trabalhar com você do lado”. “Por isso você disse pra eu aceitar a proposta dele. A biblioteca pode não acontecer!”. “Mas aí ele não pode te despedir e você não deixa de professora, o que é seu sonho”.

Neste momento, Luz o beijará e dirá preocupada: “Sua mãe vai ficar louca quando souber!”. “Problema dela! Agora vou me trocar pra gente falar com dona Milu. Tomara que ela tenha explicações sobre as coisas estranhas que acontecem no casarão”, concluirá Gabriel.

Ainda em O Sétimo Guardião

Em O Sétimo Guardião, Feliciano (Leopoldo Pacheco) se convenceu mesmo de que não existe passagem secreta para a fonte milagrosa. Para ele, o que existe é um buraco sem saída que confundiu tanto Judith (Isabela Garcia) quanto Milu (Zezé Polessa). O que ele nem imagina é que Sampaio (Marcello Novaes) fechou provisoriamente o túnel. Confira.

“O que foi que aconteceu agora, Feliciano?”, perguntará Ondina. “Calma que a notícia é boa…”, responderá Feliciano. “Então, desembucha logo”. “Não existe outro acesso à fonte! Eu e a Milu fomos com Judith até lá. A tal passagem que ela encontrou vai dar numa parede de pedras, que deve estar lá faz séculos”, explicará.

“Que alívio! Sendo assim, não temos mais motivos para adiar a conversa com Gabriel…”, avaliará a dona do cabaré. “Só precisamos avisar os outros e convocar o rapaz para conversar com todos”, ponderará Feliciano. “Vamos fazer isso logo”, concluirá Ondina, ansiosa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio