O Sétimo Guardião: Eurico impede Marilda de avisar Valentina sobre tramoia de Olavo

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Sétimo Guardião, na Globo, Eurico (Dan Stulbach) não vai permitir que Marilda (Letícia Spiller) atrapalhe seus planos com Olavo (Tony Ramos). O prefeito espera faturar com a comercialização da água da fonte milagrosa e, para isso, deixará o empresário explodir o reservatório de água de Serro Azul. A primeira-dama, no entanto, vai querer alertar sua irmã Valentina (Lilia Cabral) que o bilionário não vai embora e planeja tomar o aquífero. Confira como será a cena.

“Como é que ele fala uma coisa pra você e outra pra ela? O sujeito é maluco?”, perguntará Marilda, sobre Valentina estar confiante de que Olavo vai embora. ‘Aquilo lá é esperto demais, isso sim! Está na cara que Olavo passou a perna na Valentina”, dirá Eurico. “Quer dizer que ela tá iludida achando que ele vai largar tudo e ir embora?”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Após ser apontado como assediador, Fabim procura Marilda, em O Sétimo Guardião, na Globo

“Se ele fosse mesmo sair da cidade, não teria feito a proposta que fez para mim. Olavo está vendendo esse peixe de que está desistindo de tudo e tal pra ela, mas, quando sua irmã menos esperar, bum! Ele explode o reservatório da água e consegue chegar na fonte… com a minha preciosa ajuda, claro!”.

Ainda nesta cena de O Sétimo Guardião

“Ai, meu Deus! Valentina tem que saber disso!”. “Pirou outra vez?! Quer botar nosso futuro a perder?”. “Mas Cicinho…”.  “Nem vem de novo com esse papo que ela é sua irmã e o escambau! Valentina te esnobou a vida inteira, agora desistiu da água e nem lembrou de falar pra gente! Ou você não teve que ir lá arrancar isso dela?”.

“Minha irmã sempre foi reservada, fazer o quê?”. “Reservada é uma coisa, pensar só nela é outra! Já que não falou nada pra gente, não somos obrigados a comunicar que entramos numa nova sociedade com Olavo”. “Mas isso é traição, Cicinho! Não sei se sou capaz, tenho que pensar…”. “Eu te ajudo a pensar: é sua irmã ou nós! Quer ir lá falar pra ela que Olavo vai explodir o reservatório e pegar a fonte pra ele? Vai! Aí ele explode igual e ficamos sem dinheiro e sem moral com a população. Pensa nisso o tempo que precisar, mas pensa direito!”, concluirá Eurico.

Clique, aqui, e continue lendo sobre este capítulo…

CONFIRA O RESUMO DOS CAPÍTULOS DESTA SEMANA

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais