“O público entendeu que Mariano é um cara legal”, afirma Juliano Cazarré

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o Mariano de O Outro Lado do Paraíso, Juliano Cazarré falou sobre a experiência de viver o garimpeiro do enredo das 21h de João Emanuel Carneiro. “Me deixou bem feliz. Agradeço ao Walcyr pelo convite e aos diretores pela liberdade que me deram para trabalhar e criar o Mariano. Fiz vários amigos e trabalhei com gente muito boa, como Gloria Pires, Marieta Severo, Fernanda Montenegro, Lima Duarte, Laura Cardoso, Luis Melo e outros. Começo a listar e não paro mais. Foi uma alegria grande”, afirmou o famoso à Patrícia Kogut.

O Outro Lado do Paraíso: Clara comemora notícia dada por Patrick sobre Sophia

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator analisou também a recepção do público com o papel. “Eu acho que tanto a novela como o personagem caíram no gosto dos telespectadores. Não tem alegria maior do que essa para mim. Entendo que, para a emissora e para a imprensa, os números digam muito. Mas eu nem sei compreender quando um número de audiência é bom ou não. Meu termômetro é a rua, são as pessoas falando nas redes sociais e dizendo que estão ansiosas para ver uma cena. Quem faz televisão quer chegar às pessoas e, nesse trabalho, o tratamento com o Mariano foi muito carinhoso”, contou o artista.

O Outro Lado do Paraíso: Sophia se desespera ao ver testemunha chegar em seu julgamento

“O público entendeu desde o início que o Mariano é um cara legal, amigo, de bom coração e respeitoso com todos. Ao mesmo tempo, ele cometia algumas atitudes passíveis de crítica, como roubar a esmeralda, trair a Lívia (Grazi Massafera) e concordar com a prostituição da Cleo (Giovana Cordeiro). Acho que isso acontecia porque ele ainda era um pouco imaturo. Chegar tão perto da morte e conseguir sobreviver foi uma oportunidade para Mariano adquirir sabedoria. Só lamento que não tenha mais tempo para mostrar o Mariano nessa nova fase. Acho que iria ser muito bom, porque ninguém volta o mesmo de um encontro com a morte”, concluiu Cazarré.

O Outro Lado do Paraíso: Renato sequestra Tomaz e Clara se desespera: “Não sei que atitude pode tomar”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio