No Programa do Porchat, Milton Neves elogia Galvão Bueno e chora, emocionado, ao lembrar da perda do pai

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele tem 50 anos de carreira e é um dos jornalistas esportivos mais respeitados e populares do país. Milton Neves é o entrevistado desta quarta-feira, dia 22/11, do Programa do Porchat. O convidado rebate as críticas que geralmente são dirigidas a ele sobre o excesso de ações de merchandising que faz em seus programas no rádio e na televisão, alegando que há uma patrulha que afirma que jornalista não pode fazer publicidade. “Eles têm inveja. Faço e vou fazer”. E ainda ressalta: “O merchan faz com que o programa fique no ar”.

Leia também: Médico ofende repórter e Sandra Annenberg fica chocada: “Eu não ouvi o que eu ouvi”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Milton ainda relembra com carinho da época em que trabalhava na Record TV e das amizades que fez na emissora. Além disso, não poupa elogios a Galvão Bueno – “É o maior jornalista esportivo do Brasil” – e ao saudoso Luciano do Valle – “Foi o maior narrador da história”.

Durante a entrevista, Milton Neves ainda chora ao lembrar da importância do Santos Futebol Clube em sua vida, quando teve, aos nove anos de idade, que superar a perda do pai. “Quem me tirou do buraco foi o Santos”, afirma. Ele também se emociona ao recordar da história de ex-jogadores que marcaram o futebol brasileiro.

Milton Neves e Fábio Porchat no Programa do Porchat (Divulgação/ RecordTV)

O programa ainda exibe mais uma edição do quadro “Emergente como a gente” com o humorista Paulo Vieira. E prestes a se casar com Fábio Porchat, Nataly Mega se vinga do apresentador e participa do jogo twister ao lado de dois bonitões sarados de sunga. Como será que ele vai reagir? A brincadeira vai render várias situações engraçadas e inusitadas!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais