Ministério Público Federal exige o pagamento de 15 milhões da TV Globo por danos morais; entenda

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A TV Globo passa por problemas com o Ministério Público Federal de Minas Gerais (MPF-MG). A princípio, a emissora está sofrendo duas ações públicas civis, por exibir em horário irregular a novela O Tempo Não Para e o programa Sai de Baixo.

Segundo as informações do site Natelinha, o processo é para que a emissora pague o valor de R$ 14,8 milhões em danos morais coletivos, que devem ser revertidos ao Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente. Tudo isso porque em dezembro, o órgão teria pedido a mudança de horário de O Tempo Não Para, não recomendada para menores de 12 anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também:Atores revivem personagens do Sai de Baixo no Fantástico

De acordo com o que é estabelecido pelo MPF, o seriado Sai de Baixo, seria um atentado para crianças e adolescentes, tendo que ser veiculado somente após às 20h na grade da emissora. Mas, ainda segundo o portal, a TV Globo não é a única citada no relatório.

A Record TV também é citada pela exibição da novela Ribeirão do Tempo; O SBT por O Que a Vida me Roubou e Amanhã é para Sempre. Até então, a TV Globo não se pronunciou sobre o processo.

Leia também: A Dona do Pedaço terá grande elenco infantil para primeira fase; veja

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio