Marcela Mc Gowan destaca a força das mulheres do BBB20

Médica destacou que todas tiveram erros e acertos na trajetória do programa

Publicado há 9 meses
Por Nayara Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hoje à noite, acontece a esperada final do BBB20, com o trio: Manu Gavassi, Thelma Assis e Rafa Kalimann. Fazendo uma retrospectiva, Marcela Mc Gowan relembrou a importância de cada uma das mulheres dentro do programa, e homenageou a cada uma com uma carta aberta no Instagram.

“Carta aberta às minhas colegas de confinamento: Olhar o BBB de fora, sem o peso do jogo, me fez admirar ainda mais vocês! Vivemos juntas provavelmente a aventura mais louca de nossas vidas. Sabemos como estar lá é difícil, sabemos dos medos, inseguranças, julgamentos, que fazemos e recebemos, das dificuldades maximizadas pela pressão de um confinamento, de um jogo, de votos. Entender todo o contexto me fez aumentar, ainda mais, meu respeito por vocês. Famosa ou anônima, médica ou cantora, temos em comum uma característica: OUSADIA (e devo confessar, uma das que mais me encanta nas pessoas)”, começou.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Arriscamos carreiras, expusemos nossas vidas e de nossas famílias (dos amigos, dos ex’s), escancaramos nossas qualidades e defeitos em rede nacional e nos colocamos para julgamento em um jogo nada fácil. Pode ser que achem que tudo isso é não ter juízo, mas eu prefiro chamar de CORAGEM! O inegável é que fazemos parte de uma temporada inesquecível! Contribuímos pra isso com nossas risadas, danças, conversas, noites acordadas, doçura, braveza, abraços, selinhos, papos cabeça e piadas idiotas, sensatez, maluquice, coerências e ERROS”, dise ainda.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

“Sim, em algum momento, TODAS erramos. Isso já era esperado, afinal, o jogo trata de seres humanos. Mas até os nossos erros foram proveitos! Junto com muitos de nossos acertos eles levantaram discussões aqui fora, temáticas importantes, coisas que toda nossa sociedade precisa refletir. Eles também vão ser um grande empurrão em nossas vidas, na direção de mais informação, mais empatia, mais aprendizado e mais amadurecimento. Eu espero que muitas mulheres tenham visto a força que temos quando estamos unidas, e como a rivalidade entre nós nos enfraquece. Eu espero que algumas delas tenham se sentido inspiradas a serem mais livres: para brincar, para dançar, para se apaixonar, para se impor, para rir, para usar sua voz, se expressar, se jogar, errar, se desculpar e recomeçar sempre que preciso”, completa a médica.

Arraste para o lado para ver mais fotos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio