Malvino Salvador comenta relação de Agno e Leandro em A Dona do Pedaço: “É quase uma lição de moral”

Publicado há um ano
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Dona do Pedaço promete muitas emoções para o casal Agno e Leandro, papéis de Malvino Salvador e Guilherme Leicam. Além de se aproximar da ex-mulher de seu namorado, Lyris, o rapaz será alvo de ataques homofóbicos após alunos da academia em que trabalha descobrirem que ele é gay.

Ao Observatório da Televisão, Malvino Salvador falou sobre a cena que mostrará o empresário defendendo o namorado do bullying, e afirmando que ele não trabalhará mais na academia como faxineiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Tem cenas que a gente sabe que podem ser impactantes, sim. Ontem, eu fiz uma cena em que o pessoal descobre que o Leandro é gay. As pessoas fazem piadinha, o Agno fica sabendo e sobe no ringue, mas veio uma inspiração na hora, isso não está dito no roteiro, mas aí eu dei um esporro na galera. É quase uma lição de moral para aquelas personagens, mas o público pode entender e receber essa mensagem”, revelou o ator.

Preconceito

Leandro (Guilherme Leicam) e Agno (Malvino Salvador), de A Dona do Pedaço (Reprodução)

“A dramaturgia tem esse potencial de transformar as pessoas. Se a trama é bem produzida, eu acredito que tenha o potencial de mudar a cabeça de pessoas que não se aceitam, de no mínimo fazer com que elas entendam mais, ou diminuam o preconceito, dá uma chance pra aceitação. E outro é espelhar o ser humano, de pessoas que estão passando por algo parecido e que possam tomar uma atitude, é possível sim”, disse Malvino durante um evento de uma marca de laticínios.

“É um personagem complexo, é um cara que viveu uma
mentira a vida inteira por conta da vergonha, da timidez ou de não querer
enfrentar a sexualidade dele, viveu essa mentira casado, gerou uma filha.
Dentro dessa angustia teve um caráter duvidoso, cometeu erros. Mas ele está num
momento de se abrir, de falar a verdade pra todo mundo. Ele tinha medo da
filha, que é muito nova, com medo de que ela não entenderia. Ele estava
esperando a hora certa pra contar, mas isso não aconteceu”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio