Juliette e Pitty são aclamadas por discurso sobre o Nordeste no Saia Justa

A campeã do BBB 21 falou sobre o sotaque e a cantora criticou os estereótipos

Publicado em 27/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Juliette Freire foi a convidada do Saia Justa desta quarta (26). A vencedora do BBB 21 bateu um papo com as apresentadoras sobre a vida e a carreira após o reality, que a colocou no status de grande celebridade brasileira.

Dentre tantos assuntos tratados na atração, foi destacado o fato da advogada ser nordestina, sobretudo na questão do preconceito. Juliette falou sobre as ofensas ao seu sotaque, que foi criticado por muitas pessoas enquanto ela estava confinada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu confesso que o próprio sotaque paraibano, o nordestino, não é padrão. A questão de falar mais alto ou mais baixo é da pessoa. Não é uma característica fixa, é da pessoa. Essa questão de falar alto eu já tentei corrigir um pouco, mas o sotaque eu faço questão de afirmar. Quando eu vejo qualquer coisa negativa, eu faço questão de afirmar”, destacou.

Juliette foi elogiada por Astrid Fontenelle por sua autenticidade. A paraibana pontuou que uma das coisas que mais se orgulha em sua participação no Big Brother Brasil é ter representado as mulheres nordestinas.

“Eu não ia chegar no BBB e ia tirar, ia dizer assim ‘eu vou sem a minha cultura’. Faz parte de mim, é o que me faz feliz”, pontuou, concordando com a afirmação de Astrid, que disse: “O Nordeste é meu país”.

Quem fez coro com Juliette foi a cantora Pitty, que foi aclamada por seu discurso sobre como é ser nordestina e ainda cantar Rock. A baiana disse que sempre quis quebrar estereótipos.

“Eu procurei sempre quebrar os estereótipos. Sim, eu sou uma mulher nordestina. Mas as mulheres nordestinas e do Norte não são iguais. Cada uma tem a sua individualidade”, pontuou.

Pitty salientou ainda que é recente o protagonismo da cultura nordestina no país, usando Juliette como grande exemplo. “Essa abertura que a gente tem é recente. Eu não tinha na televisão brasileira referência de cultura nordestina e nortista que não fosse midiática, e que era sempre estereotipada”, relatou.

Nas redes sociais, o programa do GNT ficou entre os assuntos mais comentados, com muitos elogios para as declarações da cantora e da campeã do BBB 21. Assista aos principais momentos:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio