Íris lamenta mudança de equipe do No Limite: “Se eu estivesse na Carcará, teria ido para a Final”

Eliminada ainda diz que Elana e Paula se uniriam a ela para que as mulheres chegassem à final

Publicado em 29/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após ser eliminada no último episódio de No Limite, na terça-feira (22), Íris Stefanelli já se envolveu em várias polêmicas, incluindo chamar Kaysar de cavalo e bloquear Angélica nas redes sociais. Além disso ela revelou que não gostou muito de ter sido trocada de tribo.

Em entrevista ao Gshow ela disse que, com a mudança de tribo ela se tornou um alvo fácil: “Já comecei a esperar de tudo. A mudança de tribo, achei ruim, porque a Tribo Calango é muito querida, mas a tribo Carcará é muito mais forte. Então, eu sabia que, se fosse eu, seria prejudicada. A pessoa que vai pra outra tribo, independentemente de ser legal ou não, é alvo. E aí, triste, saí, não tinha como”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E que, devido à união das mulheres, ela poderia ter ficado mais tempo na tribo, relembrando que Elana e Paula não votaram nela para ir para Tribo Calango: “Já tinha fechado ali, já estava torcendo para as meninas, Elana e Paula. Então, ia ser recíproco, tudo dando certo. Eu acho que elas também iam, de uma forma, proteger as mulheres”.

Por isso, ela garante que, se tivesse ficado na tribo original, teria grandes chances de ficar no programa: “Se eu estivesse na Carcará, teria ido para a Final. Porque se uma terceira pessoa, independentemente de quem fosse, me segurasse ali, ela ia me segurar nas outras também”.

Não perca essa temporada e acompanhe a cobertura de Power Couple Brasil no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio