Globo muda regra para autores com a intenção de economizar

A mudança acontece no critério de aprovação das novelas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A teledramaturgia da TV Globo está passando por algumas mudanças por conta da pandemia, desde o ano passado a emissora está fazendo o possível para tentar se organizar. Além disso, também existe uma preocupação com as gravações de produções inéditas seguindo os protocolos de segurança.

Porém, a coluna Foco na TV, do jornalista André Romano, havia anunciado que a emissora decidiu fechar seus estúdios com o período mínimo de 28 dias para conter o agravamento da pandemia de covid-19 no Rio de Janeiro, onde a emissora grava suas produções.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas a emissora está aproveitando o momento para continuar realizando mudanças. De acordo com o site NaTelinha, o critério para aprovação das tramas agora será diferente, tudo para economizar custos. Os projetos só devem ganhar liberação para produção após dois blocos de capítulos estarem aprovador pela dramaturgia.

Ainda segundo o site, os autores possuem uma cláusula no contrato que quando está produzindo algo, o salário tem um aumento de 30% no mês. Com a chegada de José Luiz Villamarim, os novelistas precisam escrever 12 capítulos por conta própria para ter a aprovação e autorização para início dos trabalhos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio