Globo cancela novela feminista de Alcides Nogueira; Alessandra Poggi ocupará vaga

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A fila de novelas programadas para a faixa das 18h da Globo acaba de sofrer uma significativa mudança. Prevista para estrear em 2020 nos fins de tarde da rede carioca, a nova novela de Alcides Nogueira acaba de ser cancelada pela emissora, de acordo com informações da coluna de Patrícia Kogut.

A trama em questão abordaria o movimento sufragista, que lutou pelo direito das mulheres ao voto no Brasil nas primeiras décadas do século passado. Ela iria ao ar na sequência de Nos Tempos do Imperador (de Thereza Falcão e Alessandro Marson), Éramos Seis (de Ângela Chaves) e Órfãos da Terra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O argumento havia sido aprovada em primeira instância, e até um primeiro nome – do ator Nelson Freitas Jr. – chegou a ser reservado para o elenco. No entanto, a versão final da sinopse acabou reprovada por Silvio de Abreu, diretor de dramaturgia da casa, culminando no cancelamento do projeto.

Com isso, Alessandra Poggi foi escalada para escrever a substituta de Nos Tempos do Imperador. A roteirista fez sua estreia como titular na casa em 2017, dividindo com Ângela Chaves a autoria da bem-sucedida supersérie Os Dias Eram Assim. Com isso, resta saber como fica o projeto de Poggi para a faixa das 21h, o qual a própria Globo confirmou que aconteceria, sob supervisão da experiente Glória Perez.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio