“Eu nunca tive medo de assumir lideranças”, revela Luiza Helena Trajano, no Conversa com Bial

Convidada troca impressões com o apresentador a respeito do cenário sociopolítico

Publicado há 20 dias
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das mulheres mais inspiradoras do país participa do Conversa com Bial desta quinta-feira (10), na Globo. Luiza Helena Trajano, o nome e a inovação por trás da grande rede varejista Magazine Luiza, mostrou em entrevista a Pedro Bial por que é considerada um exemplo de liderança e sucesso para tantos empreendedores do Brasil.

No programa, a convidada trocou impressões com o apresentador a respeito do cenário sociopolítico do Brasil, a importância do SUS e recorda momentos da infância, ressaltando a influência de seus familiares em sua trajetória.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante a conversou com Pedro Bial, Luiza Helena Trajano deixa evidente que o sucesso nos negócios e na vida é fruto de um amplo conhecimento do que acontece à sua volta. Na entrevista de hoje, a empresária fez uma análise sobre o atual cenário sociopolítico brasileiro, mostrando que tem ideias claras.

“O que trava o empreendedor é a fragmentação que temos em todos os setores. Tem que ter um planejamento estratégico nos pilares da educação, do emprego, da habitação e da saúde. Um projeto nacional”, disse na entrevista, já gravada.

Globo, emissora aberta brasileira (Reprodução)

E mais!

Luiza abordou a sua experiência no Grupo Mulheres do Brasil, do qual é presidente. Segundo ela, a organização suprapartidária já conta com 53 mil mulheres de todas as regiões do país que, em conjunto, trabalham para estudar possíveis melhorias nos sistemas de administração e saúde pública.

A convidada, inclusive, defendeu a importância do SUS para a comunidade nacional: “A gente precisa fazer com que a governança funcione. Nós não podemos ter 10 ministros da saúde em nove anos. Nós precisamos de uma governança que seja à altura. Saúde para todos é um pilar para a igualdade social”.

Luiza também voltou ao passado e recorda os seus passos até o dia de hoje e as inspirações que teve durante a infância: “Eu tive a sorte de nascer em uma família muito empreendedora. Tive convivência com duas mulheres com inteligências diferentes. Eu nunca vi alguém ter um espírito empreendedor igual ao da minha tia ou a inteligência emocional da minha mãe”.

Ao lembrar de seu período na escola, a gestora afirmou que, mesmo naquela época, já tinha uma alma de líder, ainda pequena: “Eu estudei em um colégio que nem era o melhor, mas se tinha qualquer coisa, tipo uma excursão, eu estava lá liderando. Eu nunca tive medo de assumir lideranças”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais