Espelho da Vida: Isabel surpreende e diz que não tem pressa para separar Alain e Cris

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Espelho da Vida, na Globo, Isabel (Alinne Moraes) já se articula para separar Alain (João Vicente de Castro) de Cris (Vitória Strada). A vilã costuma causar intrigas, a fim de prejudicar a protagonista. Mas, nos próximos capítulos, ela revelará que não tem pressa para ter o galã para si. Será? Entenda por quê.

“Amiga… essa eu perdi. Queria ter ido ver a chegada da Mariane Cardoso no Grande Hotel mas não consegui sair”, falará Lenita. “Eu tava lá, fiz a cobertura, te conto tudo… Dá só um segundo, tou terminando um texto pra mandar pra nossos correspondentes. Nosso melhor repórter de rua foi embora pro Rio. Sobrou pra mim…”, dirá Isabel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Isabel ouve Alain falando que está balançado por ela, em Espelho da Vida, na Globo

“Uau… a Mariane é linda assim, como dizem? As meninas são vidradas nela”. “Bonitinha… mas… de perto ninguém é perfeito, né?”. “Nem devia ter perguntado”, dirá Lenita rindo. “Pronto, acabei, as fotos também já foram, fim!”. “A Cris chegou lá na pensão, vai sair com os pais. A Josi é super amiga da Mariane, disse que ela e a Cris não se bicam. A Mariane queria fazer a protagonista no filme”.

“A Josi é gente fina… me contou esse lance. Acho que ela vai ser muito útil. Também não gosta da Cris…”. “Hum… o que você tá maquinando, Bel?! Vai jogar a Mariane pro Alain pra fazer ciúme? Deixa a Cris com o homem dela”. “Não posso te contar como nem porquê… mas ouvi com meus ouvidinhos, o Alain confessar que não consegue me esquecer. Alain ainda é louco por mim, Lenita”.

Ainda nesta cena de Espelho da Vida

“O Alain é louco por você?! Inventa outra, Bel”. “Inventar é pros fracos, meu amor. Meu negócio é vida real. Eu ouvi, da boca do Alain. Palavra por palavra”. “Pelo amor de Deus, Bel! Conta tudo!”. “Ele disse que ainda sente uma coisa forte por mim. Que fica mexido quando tou perto, que tenho poder sobre ele…”.

“Não suporto a presença dela. Sinto um desconforto… físico. Ao mesmo tempo… hoje eu pensei nela de uma forma que… não pensei que pudesse mais acontecer. Eu amo a Cris… amo muito, quero viver com ela até o fim da minha vida. Que espécie de poder tem essa criatura do inferno pra me deixar balançado?!”.

“Não é lindo?”. “Fala a verdade. Pra mim, você pode falar. Você fez alguma mandinga daquele livrinho preto, não fez?”.
“Pior que não. Essa é a melhor parte. Foi uma confissão espontânea. Eu posso não acreditar nas bruxas, mas elas cismam de acreditar em mim, fazer o quê? Eu não precisei fazer nada. Bastou estar no lugar certo, na hora certa”.

E mais!

“Pra quem o Alain confessou isso, Bel? Só pode ter sido pro Bola… ele não ia dar essa bandeira pro Marcelo que convive mais com você… se bem que vocês mal se falam. Onde eles estavam? Como você ouviu?”. “Ai, não estraga o meu momento de glória com futrica de cidade do interior! Pelo amor de Deus! Já me arrependi de ter contado… Ai, mas não aguentei, precisava dividir esse gostinho com alguém. Foi bom demais confirmar o que eu já sabia: o Alain nunca me esqueceu”.

“E você acha que ele vai fazer alguma coisa? Tipo se declarar e pedir pra voltar?”. “Calma. Quem disse que eu tou com pressa? As melhores conquistas, a gente saboreia devagar. O importante é que o caminho tá aberto. Aliás, como eu sempre disse, né?”. “E agora, hein? O que será que vai acontecer? Será que ele vai terminar com a Cris? Será que ela vai sair do filme? (t) Jesus, será que o filme vai acabar?! Pelo amor de Deus, é a chance da Patrícia!”.

“É impressionante esse mundo em que você vive, Lenita. Cabe todinho dentro do seu umbigo”. “Ai, amiga, mãe é mãe, né? Tou defendendo o que é meu…”. “Seu? Da Pat, né? Olha o ato falho. Que saber? Por mim, essa Cris podia aproveitar a visita dos pais e ir embora com eles de uma vez!”. “Ai, Bel, coitado do Alain, ficar sem atriz principal a essa altura… o povo do filme todo aí…”. “Ué, a lambisgoia da Mariane não queria ser protagonista? Tá resolvido. Mocinha de filme é tudo igual, Lenita. Basta saber chorar e fazer cara de boazinha… Qualquer uma pode ser essa Julia Castelo…”, concluirá Isabel.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio