Éramos Seis: Retorno de amor do passado abala casamento de Shirley e Afonso

Publicado há um ano
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A rede de apoio que abraça Lola (Gloria Pires), na Avenida Angélica, compreende ainda a figura de Afonso (Cássio Gabus Mendes), em Éramos Seis. Casado com Shirley (Bárbara Reis), o dono do armazém concede à esposa de Júlio (Antonio Calloni) crédito irrestrito para que ela compre fiado todos os itens que necessita.

Amargurada por conta de acontecimentos de seu passado, Shirley o ama, mas se incomoda com a bondade do marido. Ela é mãe de Inês (Gabriella Saraivah/Carol Macedo), criada por ele como uma filha. A jovem é a paixão de Carlos (Nicolas Prattes). Mas, enquanto Lola e Afonso acham graça do primeiro romance deles, a mãe de Inês se incomoda e faz o que pode para que os dois não fiquem juntos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na juventude, em Salvador, Shirley (Barbara Reis) engravidou de João Aranha (Caco Ciocler), herdeiro da abonada família para a qual a mãe dela trabalhava. Os dois se apaixonaram perdidamente, mas tiveram sua história interrompida. João desapareceu e Shirley achou que havia sido abandonada por ele.

A verdade aparece

Por trás de seu sumiço,
contudo, estava a mãe do rapaz, que por preconceito por Shirley ser negra e de
outra classe social, aproveitou que o filho ficou doente para impedir o contato
entre os dois. Disse a ela que ele havia ido embora e a expulsou de sua casa,
mesmo grávida.              

Na ocasião, Shirley
encontrou amor e abrigo nos braços de Afonso (Cássio Gabus Mendes).
Juntos, seguiram para São Paulo e deixaram o doloroso passado
para trás. Mesmo acolhida por Afonso e carregando uma
enorme mágoa, a mãe de Inês não esqueceu João Aranha. 

Por isso, 13 anos
depois, quando ele reaparece e conta uma história que, até
então, desconhecia, Shirley fica completamente dividida. Ele jura ter sido
enganado pela própria mãe e ter procurado por ela e pela
filha durante todo o período em que estiveram afastados. Agora, quer
recuperar o tempo perdido e dar às duas uma vida melhor, ao seu lado. Com
isso, Shirley precisará revisitar seu passado para decidir seu futuro,
correndo o risco de magoar duas pessoas por quem tem um afeto ímpar.

Com estreia prevista para este semestre, Éramos Seis é escrita por Angela Chaves, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspirada no livro de Maria José Dupré. A direção artística é de Carlos Araújo e a obra conta ainda no elenco com Ricardo Pereira, Eduardo Sterblitch, Walderez de Barros, Susana Vieira, Ellen Rocche, entre outros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais