Em desabafo, Sikêra Júnior reclama da falta de apoio de amigos: “Tem receio dos comentários na internet”

Falas homofóbicas impactaram o caixa da RedeTV! e a vida do apresentador

Publicado em 1/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao que parece, não é somente o lado profissional de Sikêra Júnior que foi afetado pelo impactado de suas falas homofóbicas no Alerta Nacional, da RedeTV!, mas também a vida pessoal e o ciclo de amizades do apresentador. Em desabafo no Instagram, Sikêra revelou que está rompendo convivência com amigos que não estão lhe prestando apoio.

Antes que eu esqueça, quero agradecer as pessoas que botaram a cara a pata e se declararam a meu favor. Muito obrigado a vocês, de coração. É nesses momentos de crise que a gente sabe quem merece continuar nosso amigo e frequentar a minha casa, o meu coração e ter contato com a minha família […]

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Verão: a praia está cheia; inverno: todo mundo arrega. Mas eu entendo você que não quer postar, eu entendo. Você tem receio dos comentários da internet, né? Não vou ficar magoado com você, só não dá mais pra gente conviver […] quem é amigo tem que estar na hora da marra, sabe?

Aquele que está do meu lado, na hora da chuva, das trovoadas, das enchentes. Obrigado aos meus amigos de verdade e pra quem não…tchau!“, disparou ele após perceber o silêncio de pessoas que ele considerava serem amigos.

Como tudo começou

Repercutiu mal alguns comentários de Sikêra Júnior, que chamou, durante o programa levado ao ar na última sexta-feira (25/6), homossexuais de “raça desgraçada”. Na terça-feira (29/6), ele se pronunciou sobre o caso e pediu desculpas, apesar de reafirmar que a campanha da rede de fast food Burger King usou crianças para promover a diversidade.

Eu tenho sofrido muito por conta desta situação. Eu tenho a responsabilidade de pedir desculpas publicamente. Vou seguir nesta batalha para defender as crianças e a família tradicional, mas sem desrespeitar quem pensa diferente de mim. Você que discorda também é muito bem-vindo aqui”, afirmou.

Em seguida, ele pediu desculpas. “A você que se sentiu ofendido, eu lhe peço perdão. Extrapolei como nunca e continuo contra o que vi no comercial. Mas como pai de família e homem de bem, o que posso fazer neste momento é pedir perdão”, concluiu.

Crime de homofobia

O apresentador criticou a campanha da rede de fast-food Burger King para o Mês do Orgulho LGBTQIA +. A publicidade mostrava crianças falando, de uma forma natural, sobre casais homoafetivos. 

Inclusive crianças com pais do mesmo sexo aparecem no vídeo. A intenção era desmistificar a frase “como vou explicar para o meu filho?” ao se referir ao amor de duas pessoas do mesmo sexo. 

Debandada de patrocinadores e o posicionamento da RedeTV!

Sikêra perdeu o patrocínio das empresas MRV, TIM, Hapvida e outras 14 marcas após um grande movimento nas redes sociais. Após faturar R$ 120 mil em campanhas para o governo federal, o apresentador também perdeu o apoio da Caixa Econômica Federal, banco público administrado pela equipe de Jair Bolsonaro, informa Gabriel Perline no site Notícias da TV.

RedeTV! manifestou-se oficialmente a respeito da polêmica. A emissora reafirmou que “o respeito à diversidade sexual e a não discriminação de cor, raça, gênero ou religião é uma tradição dos 22 anos de existência da RedeTV!” e que “reprova veementemente todos os tipos de discriminação e preconceito“.

No caso do lamentável episódio envolvendo o apresentador Sikêra Júnior às vésperas do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, o mesmo desculpou-se publicamente durante o programa da última terça-feira (29), reconhecendo o equívoco de suas declarações perante a todos que se sentiram justificadamente ofendidos e a todos seus telespectadores, o que certamente servirá para o seu aprimoramento pessoal e profissional“, observou o comunicado do canal.

“Mesmo assim, a RedeTV! ressalta que tal comportamento não representa, de forma alguma, o posicionamento e o respeito da emissora à diversidade e população LGBTQIA+. Entendemos que o exercício da tolerância e o respeito às diferenças são valores fundamentais numa sociedade democrática como a brasileira“, conclui a nota.

Leia a íntegra do comunicado da RedeTV!

O respeito à diversidade sexual e a não discriminação de cor, raça, gênero ou religião é uma tradição dos 22 anos de existência da RedeTV!, que possui uma programação plural e políticas internas de inclusão no seu sentido mais amplo. O compromisso com a população LGBTQIA+ faz parte dos valores editoriais e empresariais da RedeTV!.

A emissora reprova veementemente todos os tipos de discriminação e preconceito. Nesse sentido, a RedeTV! vem a público manifestar condenação a qualquer expressão de homofobia. Queremos também agradecer a todos os nossos colaboradores por ajudarem a construir uma empresa cada dia mais forte e plural.

No caso do lamentável episódio envolvendo o apresentador Sikêra Júnior às vésperas do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, o mesmo desculpou-se publicamente durante o programa da última terça-feira, reconhecendo o equívoco de suas declarações perante a todos que se sentiram justificadamente ofendidos e a todos seus telespectadores, o que certamente servirá para o seu aprimoramento pessoal e profissional.

Mesmo assim, a RedeTV! ressalta que tal comportamento não representa, de forma alguma, o posicionamento e o respeito da emissora à diversidade e população LGBTQIA+. Entendemos que o exercício da tolerância e o respeito às diferenças são valores fundamentais numa sociedade democrática como a brasileira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio