Deus Salve o Rei: Rodolfo trará Lucrécia de volta e planeja nova forma de derrubar Afonso

Publicado há 2 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, Rodolfo (Johnny Massaro) não aguentará ficar sem a presença de Lucrécia (Tatá Werneck) em sua vida, ele a trará de volta para sua casa e junto com ela, pensará em uma nova forma de tentar tomar o trono de Afonso (Romulo Estrela), já que perceberá que o túnel em que estão trabalhando, não é uma boa ideia.

Veja também: Afonso se irrita com visita de Catarina ao rei Otávio

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Petrônio (Leandro Daniel) e Orlando (Daniel Warren) estão na sala de casa andando de um lado para o outro, preocupados com a demora de Rodolfo voltar. Eles começam a pensar que Lucrécia não deve ter cedido a voltar, quando de repente a porta de se abre, Rodolfo entra carregando Lucrécia no colo. “Abram passagem! A felicidade está de volta a esta casa!”, diz Rodolfo. Heráclito (Marcos Oliveira) e Latrine (Júlia Gerra) entram logo atrás carregando a bagagem, decepcionados com o retorno.

Veja também: Selena não resiste e beija Tiago

Rodolfo coloca novas regras para o bom convívio, dá ordens de restrição para Orlando não chegar a menos de dois metros de distância de Lucrécia. Rodolfo surge com um metro e o estende entre Orlando e Lucrécia checando a distância entre os dois. “Aliás, você está dois palmos além do limite. Um passinho atrás, por favor.”, pede Rodolfo. Orlando recua, se sentindo humilhado.

Veja também: Amália acredita que será discriminada em banquete

No dia seguinte durante o café da manhã, eles comentam sobre os planos para tirar Afonso do poder. Rodolfo afirma que não será mais possível cavar o túnel que estavam trabalhando, pois acredita não ser uma boa ideia. Heráclito então resolve dar uma sugestão. “Logo se vê que o senhor não entende nada de estratégias de sequestro.  Ah, acabo de ter uma ótima ideia! Nós faremos o seguinte: Basta esperar Afonso sair do castelo, com pouca escolta, cercar a carruagem dele num trecho sem movimento da estrada e obrigá-lo a assinar o tal papel.”, diz Rodolfo repetindo as mesmas palavras da ideia do senhor Heráclito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio